sicnot

Perfil

Mundo

Urso faz visita surpresa a dona de casa nos EUA

E se de repente, enquanto estivesse a cozinhar, aparecesse um grande urso à sua janela? O caso aconteceu esta semana no estado norte-americano de Connecticut. A dona da casa revelou que estava a tirar brownies do forno, quando recebeu a visita surpresa de um urso-negro na sua varanda.

Segundo a BBC, o animal conseguiu arrancar as cortinas, mas a porta de vidro tornou-se o seu principal obstáculo e, talvez, a salvação desta cozinheira. O urso ainda subiu ao corrimão da varanda, mas continuou sem conseguir chegar ao seu destino.

Um dos vizinhos foi em socorro da mulher, na cidade de Avon, revelando depois, numa entrevista ao jornal local WFSB, "a experência angustiante". Bob Belfiore descreveu os momentos de pânico que sentiu ao ver o "urso irritado por não conseguir chegar à comida".

O animal ignorou os gritos de Bob Belfiore e recusou-se a ir embora. Talvez o cheiro dos brownies acabados de fazer tenham aberto o seu apetite.

Bob Belfiore

Não conseguindo entrar pela janela da cozinha, o urso rodeou a casa, de modo a encontrar alguma forma de entrar. Na altura em que a polícia chegou, o animal já tinha perdido o interesse por aquela casa - ou pelos brownies - e ido embora.

Bob Belfiore

Segundo o Departamento de Energia e Proteção do Ambiente de Connecticut, a população de ursos-negros tem vindo a crescer, mostrando-se mais ativos durante a primavera.

A porta-voz do departamento, Susan Whalen, avisa ainda as pessoas para tomarem medidas para "reduzir encontros ou potenciais conflitos" com estes animais.

  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.