sicnot

Perfil

Mundo

CIA vai ter centro específico dedicado à Coreia do Norte

Carolyn Kaster

A agência Central de Inteligência (CIA) norte-americana anunciou esta quarta-feira a criação de um centro específico para fazer frente à "ameaça nuclear e de mísseis balísticos que representa a Coreia do Norte".

O Centro de Missão para a Coreia juntará "agentes experientes de toda a agência numa única entidade, para que centrem a sua experiência e criatividade no objetivo da Coreia do Norte", adiantou a CIA, num comunicado.

A CIA tinha até agora 10 desses centros repartidos por regiões geográficas ou prioridades estratégicas, como um dedicado a Ásia Oriental e ao Pacífico", que deveria até aqui tratar também as questões relativas à Coreia do Norte.

Esta é a primeira vez que se cria um centro específico para um país, o que demonstra a intenção da administração do presidente Donald Trump de aumentar a pressão sobre o regime norte-coreano.

"Criar um centro de Missão para a Coreia permite integrar e dirigir mais deliberadamente os esforços da CIA contra as graves ameaças aos Estados Unidos e aos seus aliados que emanam da Coreia do Norte", refere o diretor da CIA, Mike Pompeo, num comunicado.

A permanente tensão entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte aumentou com a chega ao poder do Presidente norte-americano, Donald Trump, enquanto Pyongyang prossegue as suas tentativas para acelerar o seu programa nuclear e ameaça realizar um sexto ensaio atómico.

Lusa

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Marcelo reúne-se na quarta-feira com Putin

    País

    O Presidente da República reúne-se na quarta-feira, em Moscovo, com o líder russo, Vladimir Putin, informou este domingo a Presidência. Marcelo Rebelo de Sousa estará na capital da Federação Russa para assistir ao jogo da seleção portuguesa na fase final do Mundial de Futebol com a equipa de Marrocos

  • Novo busto de Ronaldo foi pedido pelo Museu CR7
    2:07
  • Grécia e Macedónia assinam acordo histórico
    2:02

    Mundo

    A Grécia e a Macedónia assinaram um acordo histórico para mudar o nome da antiga República Jugoslava para República da Macedónia do Norte. Em causa está um problema diplomático entre os dois países que dificultou os planos da Macedónia em aderir à União Europeia e às Nações Unidas.