sicnot

Perfil

Mundo

Trump defende sanções mais duras contra a Coreia do Norte

Yuri Gripas

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu este domingo o endurecimento de sanções contra a Coreia do Norte no seguimento do disparo de um míssil balístico no sábado, que caiu a 500 quilómetros da fronteira russa.

"Que esta nova provocação seja um apelo a todas as nações para implementar sanções mais fortes contra a Coreia do Norte", lê-se num comunicado de imprensa divulgado esta tarde pela Casa Branca, que acrescenta que o míssil caiu "tão perto do solo russo que o Presidente não pode imaginar que a Rússia esteja contente".

A União Europeia considerou hoje que o disparo de um míssil balístico pela Coreia do Norte é "uma ameaça à paz e segurança internacional" e representa uma escalada da tensão na região.

"Este disparo e o anterior constituem uma ameaça à paz e segurança internacionais e agravam ainda mais as tensões na região, num momento em que é desnecessária uma escalada", disse um porta-voz, citado pela AFP.

Também a China e a Rússia já reagiram, mostrando-se "preocupadas com a escalada de tensão" na península coreana, após o lançamento de um míssil pela Coreia do Norte em violação das resoluções da ONU, afirmou hoje o Kremlin.

O Presidente russo, Vladimir Putin, e o seu homólogo chinês, Xi Jinping, "discutiram em detalhe a situação na península coreana" durante um encontro, em Pequim, e "as duas partes exprimiram a sua preocupação para com uma escalada de tensão", declarou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas.

A Coreia do Norte disparou no sábado (hoje, na península coreana) um míssil balístico, segundo a agência de notícias sul-coreana Yonhap, citada pela AFP.

"O exército norte-coreano disparou um projétil não identificado a partir da sua base de Kusong, na província de Norte Pyongan", declarou um alto representante do exército sul-coreano em comunicado, sem adiantar mais detalhes.

A agência de notícias Yonhap afirma, no entanto, que o projétil se trata, sem dúvida, de um míssil balístico, adiantou a AFP.

O míssil foi lançado pelas 05:30 locais (21:30 de sábado em Lisboa), e percorreu cerca de 700 quilómetros, declarou um alto representante do exército sul-coreano em comunicado, que não especifica de que tipo de míssil se trata.

"A Coreia do Sul e os EUA estão em vias de iniciar análises para recolher mais informações sobre este míssil", esclarece o comunicado.
Este é o segundo disparo de um míssil levado a cabo pelo regime de Pyongyang em cerca de duas semanas, e o primeiro depois da eleição de Moon Jae-In para a presidência da Coreia do Sul na passada semana.

O novo chefe de Estado sul-coreano deverá ter uma reunião de urgência com os conselheiros de segurança, precisou o seu porta-voz.

A península coreana tem vivido ultimamente um clima de tensão crescente, com uma retórica cada vez mais agressiva do lado dos EUA e da Coreia do Norte.

A Coreia do Norte já desencadeou dois testes nucleares e disparou uma dúzia de mísseis desde 2016, enquadrados no objetivo de possuir um míssil balístico intercontinental nuclear que lhe permita atingir território norte-americano.

Apesar de Washington já ter sugerido que todas as opções estão em cima da mesa relativamente a este dossier, incluindo a opção militar, o presidente Donald Trump suavizou recentemente o discurso, afirmando que seria uma honra encontrar-se com o líder norte-coreano Kim Jong-Un.

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.