sicnot

Perfil

Mundo

Europol alerta para eventuais novos ataques informáticos

Kacper Pempel/ Reuters

A Europol acredita que o ciberataque que afetou na sexta-feira mais de 200 mil pessoas em pelo menos 150 países, pode ter hoje uma réplica. Da Ásia chegam informações de danos causados pelo vírus WannaCry nas últimas horas, mas os especialistas receiam que o impacto possa vir a ser maior.

O diretor da Europol, Rob Wainwright, revelou hoje que o ciberataque de sexta-feira provocou 200 mil vítimas, a maioria empresas, em pelo menos 150 países.

"Estamos a realizar operações contra cerca de 200 ciberataques por ano, mas nunca tínhamos visto nada parecido", disse o chefe da Europol, numa entrevista ao canal britânico ITV, adiantando temer que o número de vítimas continue a aumentar "quando as pessoas voltarem ao trabalho na segunda-feira e ligarem os computadores".

Na sequência do aviso, feito pelo próprio diretor do Serviço Europeu de Polícia, as autoridades portuguesas lançaram um alerta à administração pública, solicitando aos funcionários que não abram emails de origem desconhecida.

A Polícia Judiciária está a acompanhar e a tentar perceber o alcance do ataque cibernético que bloqueou sistemas informáticos nos centros de saúde do Reino Unido e dezenas de empresas sediadas em Espanha, França, Alemanha, Rússia e Japão.

Os investigadores acreditam que o vírus WannaCry tem as empresas como alvo principal e avisam que vai ser difícil conter um novo ataque.

Com Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC