sicnot

Perfil

Mundo

Jovem morre por ingerir demasiada cafeína em pouco tempo

Instagram

Um jovem norte-americano morreu depois de beber demasiado rápido várias bebidas ricas em cafeína. O caso aconteceu na Carolina do Sul, nos Estados Unidos da América, e foi confirmado pelo médico legista.

Davis Allen Cripe colapsou na escola, depois de beber um café, um grande Mountain Dew (refrigerante gaseificado) e uma bebida energética, tudo isto em menos de duas horas.

Segundo a BBC, o jovem de 16 anos morreu de um "evento cardíaco induzido por cafeína, que causou uma arritmia". De acordo com o médico legista, o jovem não tinha qualquer doença cardíaca e, apesar de ter 90 quilos, não era considerado obeso.

"Isto não foi uma overdose de cafeína", disse Gary Watts à agência Reuters. O médico legista confirma que não foi o conteúdo das bebidas que causaram a arritmia, mas sim o tempo em que foram ingeridas.

Davis Allen Cripe terá consumido cerca de 470 mg de cafeína, em menos de duas horas. O médico legista alerta para a quantidade e a maneira como a cafeína é ingerida.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.