sicnot

Perfil

Mundo

Morreu um dos primeiros astronautas soviéticos

Da esquerda para a direira: Thomas Stafford, Yelena a filha de Yuri Gagarin, Alexei Leonov e Viktor Gorbatko

Alexander Zemlianichenko

Um dos primeiros astronautas soviéticos, Viktor Gorbatko, camarada de treino de Iuri Gagarin, morreu aos 92 anos, anunciou hoje a agência espacial russa, Roskosmos.

Nascido em 1934 no sul da Rússia, Viktor Gorbatko entrou aos 19 anos para a escola de aviação militar russa com o objetivo de se tornar piloto, a sua paixão.

Em 1960, foi selecionado entre mais de 3 mil candidatos para se treinar secretamente com vista à primeira missão espacial tripulada da história.

"Fui convocado pelo meu comandante, que começou por me fazer assinar uma carta onde eu me comprometi a não revelar o conteúdo da conversa que viria a ter", revelou Gorbatko à agência France Presse numa entrevista concedida em 2001.

"Depois perguntaram-me se queria voar mais alto do que um avião. Percebi logo do que estavam a falar e aceitei imediatamente", acrescentou.

Entre os camaradas de treino de Gorbatko, encontrava-se Iuri Gagarin, que viria a realizar o primeiro voo no espaço em 12 de abril de 1961, a bordo da nave Vostok-1.

Viktor Gorbatko efetuou três voos espaciais, em 1969, 1977 e 1980, e alcançou o posto de general. Foi condecorado por duas vezes com o título de "Herói da União Soviética", em resultado dos seus voos a bordo das naves espaciais Soyuz.

Viktor Gorbatko será enterrado esta sexta-feira no cemitério federal militar de Mytischi, a norte de Moscovo, de acordo com a Roskosmos.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC