sicnot

Perfil

Mundo

Putin "preparado" para divulgar gravação da conversa entre Trump e Lavrov

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse hoje que está "preparado para entregar a gravação" da conversa entre o seu ministro Serguei Lavrov e o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusado de divulgar informações secretas.

"Se a administração norte-americana autorizar, estamos preparados para entregar a gravação da conversa entre Lavrov e Trump ao Congresso e ao Senado dos Estados Unidos", disse Putin numa conferência de imprensa em Sotchi com o primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni.

A imprensa norte-americana noticiou esta semana que nessa reunião, realizada há sete dias na Sala Oval, na Casa Branca, Trump revelou informação classificada ao ministro dos Negócios Estrangeiros e o embaixador da Rússia em Washington, Serguei Kislyak.

Putin desvalorizou a polémica sobre a alegada revelação, referindo-se-lhe como "esquizofrenia política", e ironizou, afirmando que vai repreender Lavrov, porque "não partilhou essa informação" com a presidência.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.