sicnot

Perfil

Mundo

John McCain exige expulsão do embaixador da Turquia em Washington

Aaron Bernstein

O senador norte-americano John McCain exigiu esta quinta-feira a expulsão do embaixador da Turquia nos EUA, após os confrontos violentos entre membros da segurança do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan e manifestantes curdos pacíficos em Washington.

"É preciso pôr fora dos Estados Unidos o seu embaixador", referiu McCain em declarações à cadeia televisiva MSNBC. "Estamos nos Estados Unidos da América".

"Não estamos na Turquia ou num país do terceiro mundo", prosseguiu.

"Este género de situações não pode ficar sem resposta diplomática".

Os atos de violência ocorreram na terça-feira frente à residência do embaixador Serdar Kiliç, onde o chefe de Estado turco se deslocou após o seu encontro na Casa Branca com o Presidente dos EUA Donald Trump.

O chefe da polícia de Washington, Peter Newsham, não confirmou de forma clara se os agressores eram membros dos serviços de segurança turcos, mas os vídeos sobre os confrontos e diversas testemunhas parecem indicá-lo.

Segundo a polícia, que abriu um inquérito, 11 pessoas e um polícia ficaram feridas, e duas foram detidas.

Num comunicado divulgado no seu 'site' e com a data de hoje, a embaixada da Turquia em Washington declara que grupos "com ligações ao PKK, que os Estados Unidos e a Turquia designam como organização terrorista" se concentraram sem autorização frente à residência e "começaram a provocar de forma agressiva os cidadãos turco-americanos que se tinham deslocado pacificamente para acolher o Presidente".

"Os turco-americanos responderam em legítima defesa e um deles foi gravemente ferido", declarou a embaixada. "Foram os guarda-costas de Erdogan", assegurou McCain.

"Alguém lhe deu ordem para saírem e espancarem esses manifestantes pacíficos.

É necessário atuar, em particular identificar essas pessoas e processá-las perante a justiça".

Os manifestantes agitavam a bandeira das milícias curdas sírias do PYD, que Ancara considera uma emanação do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, separatistas curdos da Turquia).

"Nos termos mais enérgicos, manifestamos a nossa preocupação ao Governo turco", tinha já referido na quarta-feira o Departamento de Estado norte-americano.

Lusa

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Morreu José Manuel Castello-Lopes

    Cultura

    O empresário de cinema morreu esta quinta-feira aos 86 anos. A notícia da morte foi avançada hoje pela Academia Portuguesa de Cinema na sua página de Facebook.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Grupo armado mata 28 cristãos no Egito
    1:03
  • PSD quer criar taxa sobre a Uber e Cabify
    1:21

    Economia

    O PSD quer criar uma taxa sobre a Uber e Cabify para regulamentar as plataformas de transporte. A proposta deu entrada esta sexta-feira, no Parlamento, e procura ser uma alternativa ao projeto lei do Governo para o setor.

  • Médico português a caminho de Mossul
    3:01

    País

    Um médico português vai partir para o Iraque, no final do mês, para integrar uma equipa dos Médicos Sem Fronteiras. Gustavo Carona vai para Mossul, uma cidade bastião dos jihadistas, que tem sido palco de uma violenta guerra entre o Daesh e as forças iraquianas.

  • Filho de Eduardo dos Santos gasta 500 mil euros em relógio

    Mundo

    Desta vez não é Isabel dos Santos que dá que falar, mas sim um outro filho do Presidente de Angola. Danilo dos Santos arrematou um relógio por 500 mil euros, num leilão em Cannes. O momento foi partilhado através de um vídeo no Instagram, no qual aparece o ator Will Smith a comentar que o jovem "parece demasiado novo para ter 500 mil euros".

  • O "chega p'ra lá" de Trump
    2:35
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28

    País

    O Presidente da República promete voltar ao Luxemburgo até ao final do ano, se houver mais 10 mil portugueses recenseados até julho. Marcelo Rebelo de Sousa participou esta quinta-feira na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, que todos os anos recebe milhares de emigrantes portugueses.

    Enviados SIC