sicnot

Perfil

Mundo

Turquia promete atacar curdos que ameacem a segurança do país

Umit Bektas

O Presidente da Turquia Recep Erdogan disse esta quinta-feira que não vai participar em operações militares na Síria que incluam combatentes curdos e que promete atacá-los caso ameacem a segurança da Turquia.

Dois dias depois de conhecer o Presidente norte-americano, Recep Tayyip Erdogan, falou em Istambul, onde criticou a decisão dos EU de se aliar a "organizações terroristas" para a operação de captura de Raca (cidade do centro-norte da Síria e capital do Daesh).

"Nós dissemos que não estaríamos numa operação consigo [com Donald Trump] se se aliasse a organizações terroristas e, por isso, dizemos boa sorte", disse o chede de Estado turco.

"Já estamos a dizer com antecedência as nossas regras de engajamento, nós vamos dar um passo e não vamos discutir isso ou consultar alguém. Não temos tempo a perder", acrescentou.

O ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlut Cavusoglu, disse, também, que o enviado especial do Presidente dos Estados Unidos (EU) para a Coalizão Global contra o Daesh (grupo extremista) do Iraque e do Levante, Brett McGurk, devia ser retirado do cargo por, supostamente, apoiar os curdos.

A porta-voz do departamento de Estado dos EU, Heather Nauert, respondeu, dizendo que o enviado especial fez um "tremendo trabalho" na coordenação e liderança da coalização internacional, e que tem o apoio da Casa Branca e do secretário de Estado, Rex Tillerson.

Com Lusa

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres.Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11

    Mundo

    Um barco de turismo naufragou na Colômbia, ontem à tarde. A bordo estavam cerca de 170 passageiros. Há pelo menos seis mortos confirmados e 28 pessoas continuam desaparecidas. O barco afundou-se ao largo de uma barragem, perante o olhar incrédulo de dezenas de pessoas.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.