sicnot

Perfil

Mundo

Modelo que veste 34 rejeitada pela Louis Vuitton

A modelo dinamarquesa Ulrikke Hoyer denunciou esta quinta-feira nas redes sociais a forma como foi tratada pela Louis Vuitton durante a preparação de um desfile que iria decorrer no Japão. Segundo a modelo de 20 anos, que veste o tamanho 34, a marca francesa rejeitou a sua participação no desfile por ser "demasiado grande". Além disso, foi aconselhada a beber apenas água durante 24 horas.

A BBC conta que um dia antes do desfile, durante a prova de roupa, uma das diretoras de casting, Alexia Cheval, disse que a modelo tinha a barriga e a cara "inchadas" e que a única solução era a modelo beber apenas água nas próximas 24 horas.

Instagram

"Muito gorda para a Lous Vuitton! 'Ulrikke precisa de beber água, apenas água, nas próximas 24 horas' - Alexia Cheval", escreveu a modelo na legenda da imagem publicada na rede social Instagram.

Hoyer diz que no dia seguinta acordou com muita fome e comeu às escondidas da diretora de casting.

"Acordei às duas da manhã cheia de fome. O pequeno-almoço começava às 6:30 e eu comi o mínimo possível. Estava com medo de encontrar a Alexia e a minha sorte foi que ela só chegou às 8:00, quando já tinham levado o meu prato da mesa. Ela disse-me bom dia e às outras raparigas e depois olhou para mim, depois para o meu prato (que não existia) e para mim outra vez. Estava a verificar se eu tinha comido",

Apesar de ninguém ter descoberto, Ulrikke Hoyer acabou por ser dispensada do desfile.

A modelo que veste o tamanho 32/34 considera que foi mais uma vítima "das exigências e expetativas colocadas às modelos de alta-costura" e descreve a situação pela qual passou como "humilhante".

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.