sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela acusa Washington de violar leis internacionais com sanções

Delcy Rodriguez, ministra de Relações Exteriores da Venezuela.

Jose Cabezas/ Reuters

A Venezuela condenou na quinta-feira as sanções impostas pelo Departamento do Tesouro norte-americano a oito magistrados do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e acusou Washington de violar as leis internacionais e venezuelanas.

"A Venezuela condena as sanções unilaterais e extra-territoriais do Departamento do Tesouro dos EUA contra magistrados do máximo tribunal", escreveu a ministra de Relações Exteriores na conta na rede de mensagens instantâneas Twitter.

Delcy Rodriguez afirmou ser "inaudito e inadmissível que os Estados Unidos imponham sanções à um poder público soberano e independente, violando leis internacionais e venezuelanas".

"O Presidente Nicolás Maduro, na condição de chefe de Estado, reitera o apoio aos magistrados, vítimas do poder imperial norte-americano", sublinhou.Para Caracas, "a autoria e direção dos Estados Unidos na desestabilização da Venezuela, Estado de Direito e contra a paz, ficou outra vez em evidência".

Washington anunciou, na quinta-feira, sanções contra o presidente do STJ da Venezuela, Maikel Moreno, e sete magistrados da mesma instância judicial.

Os magistrados "são responsáveis por uma série de decisões judiciais que usurparam a autoridade da Assembleia Nacional (parlamento), eleita democraticamente, permitindo inclusive que o Executivo governasse por decreto de emergência, restringindo assim os direitos e frustrando a vontade do povo venezuelano", indicou a administração do Presidente norte-americano, Donald Trump.

O texto da decisão explicou que, desde janeiro de 2016, a oposição detém a maioria parlamentar e "o povo venezuelano está a sofrer com uma economia em ruína provocada pela má administração e corrupção do Governo, e os membros do STJ agravaram a situação ao interferirem de forma consistente na autoridade do poder legislativo".

Devido às sanções ficam congelados os ativos que os magistrados possam ter nos Estados Unidos e os cidadãos e instituições norte-americanas "estão proibidos de realizar transações" com estas pessoas.Além do presidente do STJ, Maikel Moreno, as sanções abrangem ainda a ex-presidente do STJ Gladys Gutiérrez Alvarado, e os magistrados Luis Fernando Damiani Bustillos, Arcadio Delgado Rosales, Juan José Mendoza, Calixto Ortega, Lourdes Suárez e Carmen Zuleta de Merchán.

Lusa

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.