sicnot

Perfil

Mundo

Trump inicia hoje na Arábia Saudita primeira viagem oficial ao estrangeiro

Jonathan Ernst/ Reuters

O Presidente dos EUA, Donald Trump, inicia hoje a sua primeira viagem ao estrangeiro na Arábia Saudita, um país com quem Washington mantém prolongada relação estratégica assente na segurança, armamento e petróleo.

Os dirigentes sauditas esperam uma abordagem diferente à situação na região, após o ex-presidente Barack Obama ter recusado envolver o seu país na guerra contra o regime sírio de Bashar al-Assad e promovido uma aproximação ao Irão, o principal rival de Riade.

A liderança saudita saudou calorosamente a subida ao poder de Donald Trump, que acatou as inquietações da Arábia Saudita face à "nefasta" influência do Irão.

O vice-príncipe herdeiro Mohammed ben Salmane, 31 anos, foi o primeiro dirigente do Golfo a ser recebido em Washington por Trump, e o diretor da CIA, Mike Pompeo, o secretário da Defesa, Jim Mattis, e o secretário da segurança interna, John Kelly, já visitaram a Arábia Saudita em 2016.

No decurso desta visita de Trump, a Arábia Saudita deverá concluir uma série de acordos com os Estados Unidos sobre vendas de armamento avaliados em mais de 100 mil milhões de dólares (89,8 mil milhões de euros), confirmando a sua segunda posição de país mais bem armado do Médio Oriente após Israel.

A agenda de Trump não foi divulgada na íntegra, mas no domingo deverá pronunciar, perante mais de 50 dirigentes de países muçulmanos, um discurso sobre o islão, uma cimeira que na sexta-feira foi "abençoada" pelo imã de Meca. As exportações dos EUA para este país do Golfo elevaram-se a 18 mil milhões de dólares (16,1 mil milhões de euros) em 2016, e as suas importações do reino a 17 mil milhões (15,2 mil milhões de euros).

No seu primeiro périplo internacional, Trump desloca-se ainda a Israel, ao Vaticano, e estará presente nas cimeiras da NATO em Bruxelas e do G7 na Sicília, Itália.

Lusa

  • Trump enfrenta primeira visita oficial ao estrangeiro
    2:23

    Mundo

    Donald Trump prepara-se para enfrentar a primeira viagem ao estrangeiro como Presidente dos EUA. Trump inicia já este sábado um périplo por cinco países, que inclui um encontro com o Papa e uma reunião do G7. A viagem de sete dias vai afastar Trump do centro de uma crise política que o próprio Presidente continua a alimentar com declarações polémicas.

  • William e Kate apresentam o filho ao mundo
    1:42
  • Marcelo defende debate alargado sobre saúde
    0:57

    País

    O Presidente da República defende que um debate profundo sobre o futuro da saúde deve envolver todos os intervenientes políticos. Para Marcelo Rebelo de Sousa quanto mais partidos estiverem envolvidos na discussão, melhor.

  • Governo apresenta medidas que privilegiam arrendamento e reabilitação
    1:16

    País

    O Governo apresentou esta tarde um novo pacote de medidas para a habitação. Trata-se de uma visão que privilegia o arrendamento e a reabilitação como formas de garantir o acesso a todas as famílias a uma habitação adequada. O primeiro-ministro diz que é preciso segurança nos contratos de arrendamento e avança por isso como uma proposta de benefícios.

  • Salah Abdeslam e cúmplice condenados a 20 anos por tentativa de assassínio de cariz terrorista
    1:11

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo, que remete para o momento em que foi detido em Bruxelas, em março de 2016. Salah Abdeslam e um cúmplice foram considerados culpados de tentativa de assassínio de cariz terrorista pela participação numa troca de tiros com a polícia belga da qual resultaram três agentes feridos. 

  • Beyoncé e a irmã caem no Coachella e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC