sicnot

Perfil

Mundo

Trump inicia hoje na Arábia Saudita primeira viagem oficial ao estrangeiro

Jonathan Ernst/ Reuters

O Presidente dos EUA, Donald Trump, inicia hoje a sua primeira viagem ao estrangeiro na Arábia Saudita, um país com quem Washington mantém prolongada relação estratégica assente na segurança, armamento e petróleo.

Os dirigentes sauditas esperam uma abordagem diferente à situação na região, após o ex-presidente Barack Obama ter recusado envolver o seu país na guerra contra o regime sírio de Bashar al-Assad e promovido uma aproximação ao Irão, o principal rival de Riade.

A liderança saudita saudou calorosamente a subida ao poder de Donald Trump, que acatou as inquietações da Arábia Saudita face à "nefasta" influência do Irão.

O vice-príncipe herdeiro Mohammed ben Salmane, 31 anos, foi o primeiro dirigente do Golfo a ser recebido em Washington por Trump, e o diretor da CIA, Mike Pompeo, o secretário da Defesa, Jim Mattis, e o secretário da segurança interna, John Kelly, já visitaram a Arábia Saudita em 2016.

No decurso desta visita de Trump, a Arábia Saudita deverá concluir uma série de acordos com os Estados Unidos sobre vendas de armamento avaliados em mais de 100 mil milhões de dólares (89,8 mil milhões de euros), confirmando a sua segunda posição de país mais bem armado do Médio Oriente após Israel.

A agenda de Trump não foi divulgada na íntegra, mas no domingo deverá pronunciar, perante mais de 50 dirigentes de países muçulmanos, um discurso sobre o islão, uma cimeira que na sexta-feira foi "abençoada" pelo imã de Meca. As exportações dos EUA para este país do Golfo elevaram-se a 18 mil milhões de dólares (16,1 mil milhões de euros) em 2016, e as suas importações do reino a 17 mil milhões (15,2 mil milhões de euros).

No seu primeiro périplo internacional, Trump desloca-se ainda a Israel, ao Vaticano, e estará presente nas cimeiras da NATO em Bruxelas e do G7 na Sicília, Itália.

Lusa

  • Trump enfrenta primeira visita oficial ao estrangeiro
    2:23

    Mundo

    Donald Trump prepara-se para enfrentar a primeira viagem ao estrangeiro como Presidente dos EUA. Trump inicia já este sábado um périplo por cinco países, que inclui um encontro com o Papa e uma reunião do G7. A viagem de sete dias vai afastar Trump do centro de uma crise política que o próprio Presidente continua a alimentar com declarações polémicas.

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57