sicnot

Perfil

Mundo

Bebés no útero reagem mais a caras do que a outras imagens

© Michaela Rehle / Reuters

Os fetos em desenvolvimento no útero reagem mais a imagens que se parecem com caras do que a estímulos luminosos, descobriram investigadores, que afirmam que é possível explorar a perceção e conhecimento visual nos bebés antes do nascimento.

Projetando luz através das paredes uterinas das mães, verificaram que fetos com 34 semanas de gestação viram a cabeça em direção a formas que parecem rostos humanos, mais do que quando são projetadas outras imagens.

"Mostrámos que o feto consegue distinguir entre formas diferentes, preferindo as que se parecem com caras", afirmou Vincent Reid, da universidade britânica de Lancaster, assinalando que já se sabia que isso acontecia com bebés depois do nascimento.

A investigação, publicada na revista Current Biology, aconteceu graças a nova tecnologia de ultrassons em 4D de alta qualidade e à descoberta de que é possível fazer chegar luz ao útero através dos tecidos.

Os cientistas testaram as reações de 39 fetos a padrões de luz parecidos com caras, que atravessaram o seu campo de visão enquanto se acompanhava, os seus movimentos.

Os fetos reagiam mais a caras que lhes eram apresentadas na posição correta do que a outras que lhes apareciam invertidas.

A conclusão é que a preferência dos bebés por rostos humanos começa no útero e que não é aprendida depois do parto.

Além disso, o estudo conclui também que os fetos conseguem ter experiências visuais no útero, mas os investigadores avisam as grávidas para não apontarem luzes brilhantes às suas barrigas.

Lusa

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.

  • O berço que vai revolucionar a vida dos pais

    Mundo

    Por todo o mundo, pais exaustos já devem ter fantasiado acerca de uma cama que pudesse balançar automaticamente o seu bebé até adormecer. O berço Snoo promete fazer o trabalho, com a ajuda da imitação do som do útero e de um cobertor de previne que os bebés acabem em posições perigosas. O berço que pode revolucionar a vida dos pais está à venda por 1.300 euros.

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.