sicnot

Perfil

Mundo

Igreja Episcopal escocesa aprova casamento homossexual

Stringer Russia

A Igreja Episcopal escocesa aprovou esta quinta-feira o casamento entre casais do mesmo sexo, tornando-se assim a primeira Igreja cristã no Reino Unido a realizar tal feito. A aprovação foi feita através de uma votação, levada a cabo por um sínodo de Edimburgo.

Isto permite que os casais homossexuais cristãos possam casar numa Igreja Anglicana escocesa.

De acordo com a BBC, os clérigos terão opção de escolha. Ou seja, aqueles que são contra o casamento homossexual poderão recusar-se a oficializar a cerimónia, sendo protegidos e não tendo de ir contra a sua consciência.

No entanto, a votação - que exigiu a aprovação de pelo menos dois terços dos presentes - levou a igreja a entrar em conflito com a restante comunidade anglicana, por todo o mundo.

Em janeiro de 2016, a comunidade puniu a Igreja Episcopal norte-americana, quando esta decidiu permitir que os casais homossexuais casassem pela igreja.

Estas mudanças levaram muitos crentes a defender que a Igreja Anglicana perdeu o seu rumo, precisando agora de uma renovação.

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.