sicnot

Perfil

Mundo

"O Presidente não é um mentiroso"

A porta-voz adjunta da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders.

Kevin Lamarque

Uma porta-voz da Casa Branca viu-se esta quinta-feira obrigada a afirmar que o Presidente dos Estados Unidos "não é um mentiroso", em resposta à audição no Senado de James Comey, o antigo diretor do FBI demitido por Donald Trump.

"Posso afirmar com certeza que o Presidente não é um mentiroso e, francamente, sinto-me insultada com essa pergunta", disse a porta-voz adjunta, Sarah Huckabee Sanders, numa conferência de imprensa para jornalistas acreditados na Casa Branca.

Perante os representantes democratas e republicanos da Comissão de Serviços Secretos do Senado, James Comey - despedido por Trump a 9 de maio - acusou de "mentiras" o Governo do novo Presidente, que disse tê-lo intimado a abandonar um aspeto da investigação que estava a ensombrar o seu início de mandato.

"O Governo decidiu difamar-me a mim e, de maneira muito mais grave, ao FBI, ao dizer que a organização estava mergulhada no caos [e] que o seu pessoal tinha perdido a confiança no líder -- tudo mentiras", frisou Comey, acrescentando que lamenta que "o FBI tenha tido de as ouvir".

No seu depoimento, o ex-dirigente da polícia federal norte-americana assegurou que "o FBI é honesto, forte e independente" e que funcionará bem com ou sem ele.

A porta-voz da Casa Branca indicou que não fará mais comentários sobre a declaração de Comey e que será o advogado pessoal de Trump, Marc Kasowitz, a fazer uma declaração para responder oficialmente ao antigo diretor do FBI.

A comparência de Comey na audiência do Senado gerou grande expectativa, por poder funcionar como base para um possível processo de impugnação do mandato presidencial ou julgamento político futuro, por suspeita de obstrução à Justiça por parte de Trump.

O chefe de Estado, que não enviou um único 'tweet' desde a publicação, na quarta-feira, do depoimento escrito de Comey, não respondeu hoje diretamente às acusações deste último, dedicando-se, em vez disso, a galvanizar as suas bases de apoio.

"Vamos lutar e ganhar", afirmou, num discurso perante uma assembleia de cristãos evangélicos.

"Tenho um objetivo: lutar pelos americanos e pela América primeiro. Os homens e as mulheres ostracizados nunca mais serão esquecidos", lançou, retomando os seus temas de campanha.

"Nós sabemos lutar melhor que ninguém e nunca abandonamos, nunca, nunca", disse ainda o Presidente norte-americano.

Lusa

  • Sporting quase nos oitavos da Liga Europa

    Desporto

    O Sporting procura hoje alcançar o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa de futebol, na receção aos cazaques do Astana, em contraponto com o Sporting de Braga, que enfrenta uma árdua tarefa frente ao Marselha. O jogo Sporting-Astana tem transmissão em direto na SIC, online e mobile às 18:00.

    Aqui às 18:00

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Hospital abandonado com equipamentos dentro em Vila Franca de Xira 
    4:41

    País

    O antigo Hospital de Vila Franca de Xira, encerrado há quase cinco anos, está ao abandono ainda com parte do material de saúde, como máquinas, camas, cadeiras ou macas. A SIC teve acesso a várias imagens que mostram o estado em que os equipamentos se encontram, bem como sinais de vandalismo e de assaltos.

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC