sicnot

Perfil

Mundo

"Governo britânico fraco pode prejudicar Brexit"

Virginia Mayo, AP

O comissário europeu, Günther Oettinger, advertiu que diante de um governo britânico fraco as negociações sobre o Brexit arriscam-se a ter maus resultados, para o Reino Unido, mas também para a União Europeia.

"Precisamos de um governo que possa agir, que possa negociar a saída do Reino Unido da União Europeia. Com um fraco parceiro de negociação, há o perigo de as negociações terem maus resultados para ambas as partes", afirmou, em entrevista à rádio alemã Deutschlandfunk, numa primeira reação às eleições legislativas britânicas.

"Espero cada vez mais incerteza", acrescentou o comissário europeu da Economia e das Sociedades Digitais.

O Partido Conservador, liderado pela primeira-ministra, Theresa May, perdeu a maioria absoluta nas legislativas antecipadas de quinta-feira no Reino Unido, segundo resultados oficiais, ainda não definitivos, divulgados às primeiras horas de hoje.

Com estes resultados, o Reino Unido tem o que se conhece por "hung parliament", literalmente parlamento suspenso, em que nenhum partido consegue lugares suficientes para formar uma maioria absoluta e não poderá governar sozinho, precisando do apoio de outras formações políticas.

"As próximas horas e dias vão mostrar se a parte [Notes:britânica] vai ser mesmo capaz de iniciar as negociações porque sem governo não há negociações", frisou.
Günther Oettinger salientou ainda que já se perdeu muito tempo, dado que as conversações entre a União Europeia e Londres ainda não foram encetadas volvido um ano do referendo que determinou a saída do Reino Unido da UE (Brexit), realizado em junho de 2016.

As negociações com a União Europeia deviam começar dentro de duas semanas, mas não havendo uma maioria o calendário político britânico pode prolongar-se por várias semanas, o que pode, por seu turno, prejudicar o calendário do Brexit.

Com Lusa

  • Günther Oettinger muda discurso sobre novo resgate
    1:20

    Economia

    O comissário europeu responsável pela pasta da Economia admitiu esta manhã no Parlamento que Portugal pode precisar de um novo resgate. O Governo já desmentiu essa possibilidade e pede "máximo cuidado e sentido de responsabilidade" aos membros da comissão quando divulgam as suas opiniões. Depois da audição, o próprio Oettinger mudou o discurso e afastou a possibilidade de um segundo resgate, dizendo que Portugal está no bom caminho.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.