sicnot

Perfil

Mundo

Juízes mantêm Temer na presidência

Joédson Alves

Michel Temer não perdeu o mandato presidencial na sequência do julgamento ao financiamento da campanha eleitoral de 2014, onde concorreu ao lado de Dilma Roussef. Quatro dos sete juízes do Tribunal Superior Eleitoral votaram contra a cassação dos direitos politicos de Temer por entenderem que as provas apresentadas não indiciam apoios ilícitos da campanha eleitoral que elegeu Dilma Rousssef como Presidente do Brasil.

Três dos juízes votaram a favor da cassação por considerarem que há provas de que a campanha eleitoral teve financiamentos ilegais. Perante este resultado,o Presidente Michel Temer mantém-se no cargo.

Durante a leitura do relatório, o juiz-relator Herman Benjamim disse mesmo que deu como totalmente comprovadas as alegações de abuso político e económico durante a campanha.

O juiz-relator acrescentou ainda que os documentos e provas no processo eram suficientes para justificar a cassação da candidatura.

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.