sicnot

Perfil

Mundo

Oito mortos e mais de 100 desaparecidos em naufrágio ao largo da Líbia

Pelo menos oito pessoas morreram e várias dezenas estão desaparecidas ao largo da Líbia, na sequência do naufrágio de um bote, no qual tentavam chegar à Europa, anunciaram este sábado forças de segurança locais.

"Estes oito corpos fazem parte de um total de 120 a 130 passageiros que estavam no barco", disse o chefe da guarda costeira da localidade de Garaboulli (60 quilómetros a leste de Tripoli), o coronel Fathi al-Rayani, citado pela agência de notícias France Press.

Os corpos dos migrantes ficaram presos nas dobras do barco pneumático que esvaziou a cerca de nove quilómetros de Garaboulli, constatou um jornalista da France Press, que acompanhou a guarda costeira.

De acordo com o responsável líbio, o tipo de embarcação em causa não comporta mais de 120 pessoas, pelo que deve haver cerca de uma centena de desaparecidos, que se afogaram ou, na melhor das hipóteses, conseguiram nadar até à praia.

O porta-voz da Marinha da Líbia, o general Ayoub Kacem, disse hoje que as patrulhas da guarda costeira de Zawia (45 quilómetros a oeste de Tripoli) intercetaram na sexta-feira cinco barcos pneumáticos e duas outras embarcações, que transportavam 570 imigrantes ilegais.

Os barcos, acrescentou a fonte, foram escoltados para terra e foram detidas três pessoas. Os imigrantes, a maioria africanos, foram entregues num centro de detenção, para posteriormente serem repatriados.

Muitos voltarão ao circuito de imigração, onde são explorados por redes de contrabando organizado que proliferam na Líbia desde o caos que se instalou no país após a queda do regime de Muammar Kaddafi, em 2011.

Segundo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), cerca de 61.250 pessoas chegaram a Itália desde o início do ano, e 1.778 morreram ou desapareceram no mesmo período.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.