sicnot

Perfil

Mundo

Seis alegados jihadistas detidos com explosivos no Quénia

A polícia do Quénia deteve, hoje, seis presumíveis membros do grupo jihadista somali, Al Shabab, quando tentavam entrar no país com explosivos para levar a cabo um ataque terrorista, informou a força de segurança.

Os suspeitos, dois quenianos e quatro somalis, foram detidos perto de Mandera, no norte do país, na fronteira com a Somália, segundo informou o inspetor-geral da polícia, Joseph Boinnet, em comunicado.

"Os seis homens tinham sido enviados desde Burhache, na Somália, pelos seus comandantes para lançar um ataque no Quénia", assegurou Boinnet, adiantando que na operação foram também apreendidos quatro coletes suicidas e diferentes explosivos.

O Exército queniano encontra-se sediado numa zona próxima da fronteira somali, na tentativa de conter a entrada de jihadistas através da zona de Baure.

No final de maio, 18 agentes e um civil morreram em diferentes ataques na zona fronteiriça, onde se mantém o recolher obrigatório devido às incursões dos terroristas.

Al Shabab, que aderiu à Al Qaeda em 2012, já matou cerca de 500 pessoas no Quénia, desde abril de 2013, em represália pelo envio de tropas para a Somália para combater o jihadismo.

O pior atentado conduzido pelo Al Shabab, em território queniano, ocorreu em abril de 2015, quando 148 pessoas morreram num ataque à Universidade de Garissa (norte do Quénia).

Lusa

  • Somália declarada como "zona de guerra"

    Mundo

    O novo Presidente da Somália declarou esta quinta-feira o país como "zona de guerra", substituiu os chefes militares e dos serviços secretos e deu instruções ao exército para preparar uma nova ofensiva contra os extremistas do al-Shabab.

  • Qatar pagou resgates a grupos terroristas

    Mundo

    O pagamento pelo Qatar de resgates por membros da família real raptados no Iraque e por militantes capturados pelos jihadistas na Síria terá estado na origem do corte de relações de vários países árabes com Doha, segundo o Financial Times (FT).

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.