sicnot

Perfil

Mundo

Estudante dos EUA libertado pela Coreia do Norte chega ao Ohio

Bryan Woolston

O estudante norte-americano Otto Warmbier, libertado pela Coreia do Norte depois de ser condenado, no ano passado, a 15 anos de trabalhos forçados por ter roubado um cartaz político num hotel, já chegou ao estado do Ohio.

O avião que transportava Otto Warmbier chegou, pelas 22:20 de terça-feira (03:20 de hoje em Lisboa), a um aeroporto em Cincinnati, de onde foi levado para o hospital.

Segundo os pais, o jovem de 22 anos está em coma há mais de um ano, depois de ter contraído botulismo.

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse ainda que está a trabalhar para a libertação de outros três cidadãos norte-americanos detidos na Coreia do Norte.

Otto Warmbier foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados pelo Supremo Tribunal norte-coreano em março do ano passado, depois de admitir ter roubado um cartaz decorado com uma palavra de ordem de cariz político, num hotel em Pyongyang, onde estava hospedado, no âmbito de uma digressão em janeiro de 2016.

O jovem foi acusado de "atividades hostis" e conspiração contra a unidade da Coreia do Norte.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22