sicnot

Perfil

Mundo

Português relata como conseguiu fugir e salvar a família do fogo em Londres

Português relata como conseguiu fugir e salvar a família do fogo em Londres

No prédio que se incendiou em Londres viviam quatro famílias portuguesas e há pelos menos quatro feridos de nacionalidade portuguesa, duas crianças e dois adultos. A SIC falou com um dos moradores portugueses que conseguiu fugir e salvar a família. Perto da torre consumida pelo fogo vivem outros portugueses. Testemunharam a madrugada de terror e alguns tentaram ajudar os vizinhos.

  • "Parecia um filme de terror"
    2:15

    Mundo

    As testemunhas do incêndio no prédio de 24 andares, em Londres, falam num autêntico inferno. Centenas de moradores precipitaram-se para a saída assim que o prédio começou a arder.

  • Localizados todos os portugueses que viviam no prédio que se incendiou em Londres

    Mundo

    Foram localizados todos os portugueses que viviam no prédio que esta madrugada se incendiou em Londres. Quatro famílias portuguesas viviam no edifício, mas havia uma que estava ainda por localizar. De acordo com a secretaria de Estado das Comunidades, são dois adultos e duas crianças que se encontram hospitalizados. A situação clínica está ainda em análise. As autoridades confirmaram que há vários mortos e pelo menos 50 feridos.

  • Bombeiros no prédio de Londres enfrentam "condições extremamente difíceis para resgatar pessoas"
    0:44

    Mundo

    Os bombeiros de Londres admitem que há um numero indeterminado de vítimas mortais no incêndio que atingiu uma torre residencial, na capital britânica. As autoridades falam num fogo sem precendentes. Mais de 200 bombeiros combatem as chamas e tentam socorrer vítimas em "condições extremamente difíceis para resgatar pessoas". O incêndio de grandes dimensões deflagrou hoje de madrugada na torre Grenfell, próximo de Notting Hill. O prédio ainda está em chamas e em risco de colapso.

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.