sicnot

Perfil

Mundo

Portugueses contam que viram moradores em chamas a atirarem-se do edifício

Portugueses contam que viram moradores em chamas a atirarem-se do edifício

Dois portugueses que moram no prédio em frente relatam momentos de pânico de alguns dos moradores. José Silva conta que viu moradores em chamas a atirarem-se do edifício. Bruno Silva diz que o fogo avançou rapidamente.

  • "Não sei ao certo se metade das pessoas chegou a sair"
    0:52

    Mundo

    Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas no incêndio numa torre residencial no centro de Londres. Os moradores descrevem uma operação de socorro muito complicada. Os bombeiros tiveram muita dificuldade para chegar aos andares superiores. As chamas apanharam as pessoas a dormir e há moradores que receiam que nem todos tenham conseguido deixar o edifício.

  • Bombeiros no prédio de Londres enfrentam "condições extremamente difíceis para resgatar pessoas"
    0:44

    Mundo

    Os bombeiros de Londres admitem que há um numero indeterminado de vítimas mortais no incêndio que atingiu uma torre residencial, na capital britânica. As autoridades falam num fogo sem precendentes. Mais de 200 bombeiros combatem as chamas e tentam socorrer vítimas em "condições extremamente difíceis para resgatar pessoas". O incêndio de grandes dimensões deflagrou hoje de madrugada na torre Grenfell, próximo de Notting Hill. O prédio ainda está em chamas e em risco de colapso.

  • Espanha e Portugal a um ponto dos oitavos

    Mundial 2018 / Irão

    A Espanha colocou-se esta quarta-feira a um ponto dos oitavos de final do Mundial 2018 e deixou Portugal em situação idêntica, ao vencer o Irão por 1-0, em jogo do grupo B, disputado em Kazan.

  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Lançamento de balões no São João do Porto em risco

    País

    Lançar balões nas festas do São João do Porto pode não ser possível este ano, tudo irá depender das condições atmosféricas. A Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural admitiu, esta quarta-feira, que está a acompanhar a situação mas que ainda nada está decidido.