sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte diz que libertou jovem norte-americano por motivos humanitários

Bryan Woolston

A Coreia do Norte comentou hoje a libertação do jovem norte-americano, que regressou a casa, no Ohio, em estado de coma, dizendo que o fez por motivos humanitários.

A agência estatal KCNA escreveu hoje que Otto Warmbier tinha sido condenado a trabalhos forçados mas não fez comentários sobre a sua condição médica.

"Warmbier, que estava em trabalhos forçados, foi enviado para casa a 13 de junho de 2017 por motivos humanitários, de acordo com a decisão tomada, no mesmo dia, pelo Tribunal Central da RPDC", afirmou a agência, referindo-se à Coreia do Norte através da sigla do seu nome oficial, República Popular Democrática da Coreia.

O jovem de 22 anos, estudante da Universidade de Virgínia, foi condenado, num julgamento que durou uma hora, pelo Tribunal Supremo da Coreia do Norte em março de 2016. A pena foi de 15 anos de prisão com trabalhos forçados por subversão, após o jovem ter confessado que tentou roubar um poster de propaganda.

O seu pai, Fred Warmbier, disse ao canal Fox News que o filho foi "aterrorizado e brutalizado" e está em coma há mais de um ano.

Lusa

  • Fogo na Sertã alastrou aos concelhos de Mação e Proença-a-Nova
    2:37

    País

    Mais de 700 bombeiros combatem o incêndio que começou este domingo na Sertã e, durante a noite foi empurrado pelo vento para outros dois concelhos. As chamas atingiram as zonas de Mação e de Proença-a-Nova, onde os habitantes dizem que há várias casas destruídas pelo fogo. Esta manhã, chegaram dois aviões espanhóis para ajudar a controlar as chamas.

  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24
  • Governo reconhece seca severa no continente desde 30 de junho

    País

    O Governo reconheceu, hoje, a existência de uma situação de seca severa no território continental, desde 30 de junho, que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola, em despacho publicado hoje em Diário da República.

  • Pelo menos cinco feridos em ataque na cidade suíça de Schaffhausen

    Mundo

    Pelo menos cinco pessoas ficaram hoje feridas na sequência de um ataque, na cidade suíça de Schaffhausen. De acordo com as autoridades, as vítimas foram atacadas por um homem armado com uma motosserra, que está a ser procurado pela polícia. As autoridades descartaram a hipótese de "ato terrorista".

  • Oposição pressiona Maduro com anúncio de manifestações e greve geral
    1:34
  • Margem mínima de mil votos obriga a negociações intensas em Timor-Leste

    Mundo

    A Fretilin venceu sem maioria absoluta as lesgislativas para o VII Governo constitucional de Timor-Leste. De acordo com os dados oficiais, o partido de Mari Alkatiri obteve perto de 170 mil votos e conquistou 23 deputados. Já o partido de Xanana Gusmão que tinha vencido há cinco anos, ficou em segundo com 167 mil votos e 22 lugares no parlamento, num total de 65.