sicnot

Perfil

Mundo

Tragédia em Londres provoca onda de solidariedade

Tragédia em Londres provoca onda de solidariedade

A madrugada trágica na torre de Grenfell deixou mais de 500 pessoas sem casa e desencadeou uma onda de solidariedade. As diferentes comunidades trabalharam juntas para socorrer as vítimas.

  • Jamie Oliver oferece refeições a desalojados em Londres

    Mundo

    O incêndio desta quarta-feira em Londres está a gerar uma grande onda de solidariedade entre os ingleses. Vários têm doado roupa, bens alimentares e de higiene para ajudar os desalojados. O chef de cozinha britânico Jamie Oliver ofereceu-se para ajudar as centenas de pessoas afetadas, oferecendo refeições às vítimas.

  • Dezenas de pessoas desaparecidas após incêndio em Londres
    2:14

    Mundo

    O número de mortos no incêndio que consumiu um prédio nos arredores de Londres subiu para 17. No entanto, o balanço final pode ser ainda mais trágico porque dezenas de pessoas continuam desaparecidas. A primeira-ministra britânica pediu uma investigação à tragédia de Grenfell, onde o incêndio só foi extinto ao fim da manhã.

  • Theresa May ordena investigação a incêndio em Londres
    3:46

    Mundo

    Pelo menos 17 pessoas morreram no incêndio que ontem consumiu uma torre residencial de 24 andares na capital britânica. O número deverá aumentar nas próximas horas, quando as autoridades já não esperam encontrar sobreviventes. A primeira-ministra pediu uma investigação completa ao incidente.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.