sicnot

Perfil

Mundo

Lily Allen critica Governo britânico no âmbito do incêndio em Londres

Lily Allen critica Governo britânico no âmbito do incêndio em Londres

Um das vozes ativas na contestação à forma como as autoridades estão a lidar com o incêndio num prédio de habitação em Londres, tem sido Lily Allen. A cantora inglesa vive no mesmo bairro da torre que ardeu e tem estado desde o primeiro momento a ajudar as vítimas do incêndio.

Esta quinta-feira Lily Allen acusou o Governo de estar na origem do cancelamento, à última da hora, de uma participação dela num programa da BBC. A estação pública já veio dizer que a mudança de planos não foi provocada pelas declarações da cantora nesse mesmo dia ao Channel 4, um outro canal britânico. Nessa entrevista Lilly Allen questionou a forma como a polícia e os Bombeiros estão a divulgar o número de mortos.

  • Alarme de incêndio não tocou no edifício em Londres
    3:04

    Mundo

    O número de mortos no incêndio num prédio em Londres voltou a aumentar. Até ao momento, estão confirmadas 30 vítimas mortais. No entanto, há ainda dezenas de desaparecidos e as autoridades não acreditam que possam estar vivos. Perante a falta de respostas, os moradores saem às ruas a exigir justiça. Sabe-se que o alarme de incêndio não tocou, o que levou muitos moradores a não conseguirem fugir.

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.