sicnot

Perfil

Mundo

Rodman regressa de Pyonyang sem revelar se teve encontro com Kim Jong-un

Rodman regressa de Pyonyang sem revelar se teve encontro com Kim Jong-un

O ex-jogador da NBA Dennis Rodman terminou hoje uma visita de cinco dias à Coreia do Norte, mas não revelou se se encontrou com o líder norte-coreano Kim Jong-un.

."Foi uma viagem muito boa", afirmou Rodman em declarações à impressa no aeroporto internacional de Pequim, depois de aterrar de um voo vindo de Pyongyang.

O ex-jogador de basquetebol não quis dar mais pormenores sobre a sua quinta visita ao país, e ao ser questionado sobre se teve um encontro com Kim Jong-un, respondeu:

"É uma boa pergunta... Saberão mais tarde".

Rodman chegou a Pyongyang na terça-feira com o objetivo de "abrir a porta" ao diálogo com o país, segundo o próprio.A sua visita aconteceu num momento de particular tensão entre Pyongyang e Washington devido aos regulares testes de armamento norte-coreanos.

Rodman viajou para a Coreia do Norte como cidadão privado e não foi em representação oficial, segundo assegurou o Departamento de Estado norte-americano.

Horas depois da sua chegara à Coreia do Norte, o regime libertou Otto Warmbier, um estudante universitário norte-americano que tinha sido condenado a 15 anos de prisão com trabalhos forçados por tentar roubar um poster de propaganda.

Warmbier esteve confinado durante 17 meses, aparentemente entrou em coma pouco depois de ter sido preso.

Pyongyang afirmou na quarta-feira que decidiu libertá-lo por "razões humanitárias".

As autoridades, tanto em Washington como em Pyongyang, afirmaram que Dennis Rodman não teve qualquer papel na libertação do estudante.

Em Pyongyang, Rodman ofereceu ao ministro do Desporto norte-coreano uma cópia do livro do presidente norte-americano, Donald Trump, "The Art of the Deal".

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após noite de chuva intensa e queda de granizo
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC