sicnot

Perfil

Mundo

Botijas de gás e armas encontradas no veículo envolvido em incidente nos Campos Elísios

Gonzalo Fuentes

Botijas de gás, uma metralhadora Kalachnikov e pistolas foram encontradas no veículo do homem que abalroou hoje uma carrinha da gendarmerie francesa (força policial militarizada) na avenida parisiense dos Campos Elísios, indicaram fontes policiais.

Em declarações à imprensa, o ministro do Interior francês, Gérard Collomb, precisou que explosivos foram igualmente encontrados no veículo que explodiu no momento do impacto, mas sem fazer vítimas.

O ministro confirmou também a morte do condutor e autor desta "tentativa de ataque" contra as forças de segurança.

Este incidente acontece cerca de duas semanas depois de um agente policial ter sido atacado junto da catedral de Notre Dame, no centro de Paris.

Nesse ataque, o agressor, que foi neutralizado pelas forças policiais e que reivindicou ser um "soldado" do grupo extremista Daesh, atacou o agente com um martelo quando este patrulhava a praça em frente da catedral.

Os últimos ataques perpetrados em França têm tido como alvo as forças de ordem e um deles também ocorreu na avenida parisiense dos Campos Elísios.

A 20 de abril, o polícia Xavier Jugelé, de 37 anos, foi abatido a tiro na avenida parisiense por um terrorista, num ataque que foi reivindicado pelo EI. Dois outros agentes policiais ficaram feridos no ataque, que ocorreu alguns dias antes da primeira volta das recentes eleições presidenciais francesas.

Antes já tinham ocorrido outros ataques, sem vítimas mortais, no Museu do Louvre e no aeroporto internacional de Orly que visaram militares franceses.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.