sicnot

Perfil

Mundo

Estudante norte-americano libertado pela Coreia do Norte em coma morreu

O estudante universitário norte-americano libertado no dia 13 de junho pela Coreia do Norte em coma morreu nos Estados Unidos, anunciou a família do jovem citada pela agência Associated Press.

"É nosso triste dever anunciar que o nosso filho, Otto Warmbier, completou a sua viagem para casa. Rodeado pela sua família adorada, o Otto morreu hoje às 14:20 ", refere a família, num comunicado divulgado pela University of Cincinnati (UC) Health Systems.
Na nota, a família agradeceu ao University of Cincinnati Medical Center [Centro Médico da Universidade de Cincinnati, no Estado do Ohio] por ter tratado de Otto, mas disse que "infelizmente, o horrível maltrato torturante" que o filho "recebeu nas mãos dos norte-coreanos garantiu que não fosse possível outro desfecho, além do triste vivido hoje".


A família referiu ainda que prefere focar-se no tempo que passou com o seu "caloroso, envolvente e brilhante" filho em vez de se focarem no que perderam.


Otto Warmbier, de 22 anos, foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados pelo Supremo Tribunal norte-coreano em março do ano passado, depois de ter admitido ter roubado um cartaz decorado com uma palavra de ordem de cariz político num hotel em Pyongyang, onde estava hospedado, no âmbito de uma digressão em janeiro de 2016.


O jovem, que estava em coma há mais de um ano, depois de ter contraído botulismo, foi acusado de "atividades hostis" e conspiração contra a unidade da Coreia do Norte.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.