sicnot

Perfil

Mundo

Irão diz ter abatido "grande número de terroristas" em bombardeamento na Síria

Morteza Nikoubazl

Os Guardiães da Revolução do Irão anunciaram, hoje, ter abatido "um grande número de terroristas" com o lançamento de mísseis contra uma base do Daesh, na região de Deir Ezzor, no leste da Síria.

Em comunicado, a tropa de elite do regime iraniano indicou que os mísseis atingiram o seu alvo e que "um grande número de terroristas" foram abatidos no bombardeamento, levado a cabo no domingo a partir do oeste do Irão, que destruiu também armamento, munições e equipamentos do autoproclamado Estado Islâmico (EI).

O lançamento de mísseis - que foram os primeiros disparados pelo Irão para fora do seu território em 30 anos, desde a guerra Irão-Iraque (1980-1988) - figura como resposta aos atentados, sem precedentes, perpetrados em Teerão, no dia 7, contra dois lugares altamente simbólicos - o mausoléu do 'ayatollah' Khomeini, fundador da República Islâmica, e o parlamento.

A autoria do duplo atentado, que fez 17 mortos, foi reivindicada pelo Daesh.

A tropa de elite do regime iraniano garantiu ainda, no mesmo comunicado, que "o derramamento de sangue inocente não ficará sem resposta" e que o Irão "não poupará esforços para defender a sua segurança nacional".

O Irão encontra-se envolvido no combate contra grupos rebeldes e extremistas, entre os quais o Daesh, na Síria e no Iraque, ao lado dos Governos dos dois países, no entanto foi a primeira vez que foram disparados mísseis de território iraniano contra os grupos jihadistas, na Síria.

Lusa

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.