sicnot

Perfil

Mundo

Irão diz ter abatido "grande número de terroristas" em bombardeamento na Síria

Morteza Nikoubazl

Os Guardiães da Revolução do Irão anunciaram, hoje, ter abatido "um grande número de terroristas" com o lançamento de mísseis contra uma base do Daesh, na região de Deir Ezzor, no leste da Síria.

Em comunicado, a tropa de elite do regime iraniano indicou que os mísseis atingiram o seu alvo e que "um grande número de terroristas" foram abatidos no bombardeamento, levado a cabo no domingo a partir do oeste do Irão, que destruiu também armamento, munições e equipamentos do autoproclamado Estado Islâmico (EI).

O lançamento de mísseis - que foram os primeiros disparados pelo Irão para fora do seu território em 30 anos, desde a guerra Irão-Iraque (1980-1988) - figura como resposta aos atentados, sem precedentes, perpetrados em Teerão, no dia 7, contra dois lugares altamente simbólicos - o mausoléu do 'ayatollah' Khomeini, fundador da República Islâmica, e o parlamento.

A autoria do duplo atentado, que fez 17 mortos, foi reivindicada pelo Daesh.

A tropa de elite do regime iraniano garantiu ainda, no mesmo comunicado, que "o derramamento de sangue inocente não ficará sem resposta" e que o Irão "não poupará esforços para defender a sua segurança nacional".

O Irão encontra-se envolvido no combate contra grupos rebeldes e extremistas, entre os quais o Daesh, na Síria e no Iraque, ao lado dos Governos dos dois países, no entanto foi a primeira vez que foram disparados mísseis de território iraniano contra os grupos jihadistas, na Síria.

Lusa

  • "Serei o Presidente de todos os angolanos"
    2:06
  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Supervisão bancária origina novo diferendo entre Carlos Costa e Governo
    0:57

    Economia

    Reacendeu-se a guerra entre o Governo e o governador do Banco de Portugal. Em conferência na sede do banco, esta segunda-feira, Carlos Costa deixou uma crítica indireta ao novo modelo de supervisão bancária. O ministro das Finanças, Mário Centeno, não gostou e exigiu a Carlos Costa que se retratasse, mas o governador recusou-se.

  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.