sicnot

Perfil

Mundo

Recuperada caixa negra de avião militar birmanês que se despenhou no mar

Equipas de resgate birmanesas recuperaram a caixa negra do avião militar que se despenhou há 12 dias, no mar de Andamão, com mais de uma centena de pessoas a bordo, noticiou hoje a imprensa estatal.

Os dispositivos de gravação de dados de voo e de voz do 'cockpit' foram encontrados na cauda da aeronave, segundo o diário Global New Light of Myanmar.

O fragmento do avião foi retirado da água no domingo, com a ajuda de bolsas de ar, após ter sido localizado na passada quinta-feira, a aproximadamente 35 metros de profundidade, onde ficou preso nas redes de um pesqueiro.

A bordo do avião seguiam 90 passageiros, entre militares e familiares dos soldados, e 14 tripulantes. As autoridades resgataram, até ao momento, 92 corpos.

O aparelho, um Y-8F-200 de fabrico chinês, descolou no dia 07 de junho da cidade de Myeik com destino a Rangum e desapareceu do radar depois de sobrevoar a cidade de Dawei, a cerca de cem quilómetros do aeroporto de partida.

As operações de busca pelos desaparecidos prosseguem, mas têm sido dificultadas pelas intensas chuvas e forte ondulação na zona, provocadas pelas monções.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".