sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump reúne-se hoje com Presidente da Ucrânia

Joshua Roberts

O Presidente dos EUA recebe hoje o Presidente ucraniano, num encontro que não estava inicialmente previsto na agenda de Donald Trump, em que será abordado o conflito no leste do país europeu com os separatistas pró-russos.

A Casa Branca atualizou, hoje, a agenda para terça-feira, anunciando que Donald Trump vai manter uma reunião com Petro Poroshenko, em que também participarão o vice-presidente e o assessor de Segurança Nacional, respetivamente, Mike Pence e H.R. McMaster.

O encontro, o primeiro entre os dois líderes, vai ter lugar numa altura de crescente tensão entre os Estados Unidos e a Rússia, encontrando-se em curso a investigação à alegada interferência de Moscovo nas presidenciais norte-americanas de 2016.

Durante a reunião, e segundo fontes ucranianas, Trump e Poroshenko vão falar sobre os Acordos de Minsk acerca da paz no leste da Ucrânia, bem como abordar a cooperação bilateral entre Kiev e Washington e a ajuda às reformas ucranianas por parte da administração liderada por Donald Trump.

Esta reunião acontece, também, a poucas semanas de Trump se reunir, pela primeira vez, com o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, um encontro que deve ter lugar à margem da cimeira do G20, em Hamburgo (Alemanha), nos dias 07 e 08 de julho.

O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou na semana passada que Moscovo e Kiev podem alcançar pactos fora dos Acordos de Minsk, destinados a selar a paz, mas praticamente estancados desde a sua assinatura, em fevereiro de 2015.

Contudo, o Kremlin sempre se pronunciou contra o envolvimento aberto de Washington no processo, ao considerar que os Estados Unidos instigaram, em fevereiro de 2014, a deposição do então Presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, provocando a sublevação pró-russa no leste da Ucrânia e a anexação da Crimeia por parte de Moscovo.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08