sicnot

Perfil

Mundo

Quase 20 mil polícias, helicópteros e navios em Hamburgo para a Cimeira do G20

Hannibal Hanschke / Reuters

Mais de 19 mil polícias, apoiados por uma dezena de helicópteros, navios e mergulhadores, foram destacados para Hamburgo, norte da Alemanha, para garantir a segurança das 36 delegações internacionais que vão participar na Cimeira do G20.

O primeiro dirigente a chegar à cidade alemã, hoje, foi o presidente sul-africano, Jacob Zuma. Seguir-se-ão os líderes das restantes potências emergentes e industrializadas.

Além da cimeira em si, que decorre sexta-ferira e sábado, realizam-se dezenas de reuniões bilaterais, como aquela que vai reunir, pela primeira vez, os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin.

O custo da organização está estimado em 130 milhões de euros, contando tanto com a segurança como o acolhimento de 6.500 membros das delegações e cerca de 5.000 jornalistas de 65 países.

Uma área de 38 quilómetros quadrados em volta do centro de congressos que acolhe a cimeira foi vedada, estando proibidas quaisquer manifestações.

Mas, mesmo junto aos limites dessa zona, está a casa ocupada pelo chamado "coletivo flora vermelha", o grupo principal do movimento antissistema que tem previstas várias ações contra a realização da cimeira.

Pelo menos duas dezenas de manifestações contra o G20 foram anunciadas.

1 / 19

Hannibal Hanschke

2 / 19

Hannibal Hanschke

3 / 19

Hannibal Hanschke

4 / 19

Fabian Bimmer

5 / 19

Fabian Bimmer

6 / 19

Hannibal Hanschke

7 / 19

Hannibal Hanschke

8 / 19

Hannibal Hanschke

9 / 19

Hannibal Hanschke

10 / 19

Hannibal Hanschke

11 / 19

Fabian Bimmer

12 / 19

Hannibal Hanschke

13 / 19

Fabian Bimmer

14 / 19

Fabian Bimmer

15 / 19

Hannibal Hanschke

16 / 19

Hannibal Hanschke

17 / 19

Hannibal Hanschke

18 / 19

Hannibal Hanschke

19 / 19

Hannibal Hanschke

  • Carro do suspeito de rapto de Maelys fotografado por radar a alta velocidade
    1:16

    Mundo

    Praticamente um mês depois do desaparecimento de Maelys de Araújo, as autoridades francesas continuam a fazer buscas para tentar encontrar a menina lusodescendetnte de 9 anos. Entretanto, um jornal francês revelou que o carro do homem suspeito de rapto terá sido fotografado, por um radar, a alta velocidade na noite do desparecimento.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Icebergue com 5.800 quilómetros quadrados está a deslocar-se na Antártida

    Mundo

    Um icebergue gigante está a deslocar-se na Antártida em direção ao mar de Weddell segundo as imagens de satélite reveladas. Trata-se do A68, um icebergue quatro vezes maior que a cidade de Londres. Com cerca de 5.800 quilómetros quadrados e triliões de toneladas, A68 é um dos maiores icebergues conhecidos.