sicnot

Perfil

Mundo

Reunião de Peña Nieto com Trump será "amigável e respeitosa"

Carlos Jasso

O chefe da diplomacia mexicana, Luis Videgaray, disse esta quinta-feira que o encontro de sexta-feira entre os presidentes mexicano e norte-americano em Hamburgo, na Alemanha, decorrerá num clima "amigável e respeitoso", mas sem que daí resultem "grandes acordos".

Luis Videgaray disse que o encontro será conduzido num tom "amigável e respeitoso" e assinalou que apesar das diferenças em temas de grande relevo, o importante é que seja "um passo mais na continuação do trabalho em conjunto", em áreas de interesse comum como o comércio, a imigração, o direito dos migrantes ou o combate ao crime organizado.

Esta reunião que acontecerá na cimeira do G20, vem na sequência do cancelamento por Peña Nieto de uma visita a Washington em janeiro, devido à tensão provocada pela decisão de Donald Trump de construir um muro na fronteira comum, remetendo a despesa ao México.

Recordando que os dois presidentes conversaram por telefone em várias ocasiões, Videgaray reconheceu que a reunião em Hamburgo será importante mas salientou que será curta como acontece nas cimeiras internacionais.

"Cremos que é positivo que conversem, mas não devemos esperar acordos substantivos", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros para acrescentar que não é de esperar que dele saia uma data para uma visita de Estado de Henrique Peña Nieto aos Estados Unidos.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após noite de chuva intensa e queda de granizo
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC