sicnot

Perfil

Mundo

Trump na Europa para cimeira G20 inicia programa na Polónia

Yuri Gripas/ Reuters (Arquivo)

O presidente norte-americano, Donald Trump, inicia hoje na Polónia o programa oficial da sua segunda visita oficial à Europa, durante a qual participa na cimeira do G20 e vai reunir-se com o chefe de Estado russo, Vladimir Putin.

A primeira visita, em maio, ficou marcada pela insistência de Donald Trump no aumento das contribuições dos aliados para o orçamento da NATO.

Na capital polaca, onde aterrou quarta-feira à noite, o programa do presidente norte-americano inclui um encontro com o homólogo polaco, Andrzej Duda, seguido de conferência de imprensa.

Em Varsóvia, Trump vai também participar numa cimeira de 12 países da Europa Central e Oriental, e discursar aos polacos na central praça de Krasinski, local simbólico que acolhe o monumento à insurreição da população da capital polaca durante a ocupação nazi.

De Varsóvia, Trump viaja à tarde para Hamburgo, norte da Alemanha, onde participa na sexta-feira na Cimeira do G20 e, à margem desta, reúne-se com o seu homólogo russo, Vladimir Putin.

Além do presidente russo, Donald Trump vai reunir-se com pelo menos nove outros dirigentes estrangeiros, incluindo a chanceler alemã, Angela Merkel, à margem da cimeira de países industrializados e emergentes.

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.