sicnot

Perfil

Mundo

ONU aprova tratado que proibe armas nucleares com oposição das três maiores potências

Carlos Barria

Os Estados Unidos da América, a França e o Reino Unido rejeitaram um tratado aprovado esta sexta-feira nas Nações Unidas que proíbe as armas nucleares.

Este tratado, advertem, "despreza claramente a realidade do ambiente da segurança internacional".

As três potências, que têm armas nucleares, avisam, num comunicado conjunto, que "não têm qualquer intenção de se juntarem aos países signatários deste tratado".

O tratado foi esta sexta-feira aprovado por 122 votes a favor, um contra (da Holanda, que é membro da NATO), tendo havido uma abstenção.

Os negociadores do tratado consideram que a sua aprovação constitui "uma conquista histórica", tendo havido aplausos no final da votação.

A votação favorável do tratado põe termo a três semanas de negociações em que participaram 141 países, apoiantes, caso da Áustria, Brasil, México, África do Sul e da Nova Zelândia.

Os Estados Unidos, Reino Unido e a França rejeitaram categoricamente a possibilidade de se juntarem posteriormente aos signatários do acordo.

Estes três países acreditam que o tratado não terá impacto na redução do stock global de armas nucleares que se estimam em 15.000.

O tratado será ratificado a partir de 20 de setembro deste ano e entrará em vigor logo seja assinado por 50 países.

Nenhum dos nove países que têm armas nucleares, (Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, China, França, Índia, Paquistão, Coreia do Norte, Coreia do Sul e Israel), manifestaram-se favoráveis à aprovação deste tratado.

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38