sicnot

Perfil

Mundo

ONU aprova tratado que proibe armas nucleares com oposição das três maiores potências

Carlos Barria

Os Estados Unidos da América, a França e o Reino Unido rejeitaram um tratado aprovado esta sexta-feira nas Nações Unidas que proíbe as armas nucleares.

Este tratado, advertem, "despreza claramente a realidade do ambiente da segurança internacional".

As três potências, que têm armas nucleares, avisam, num comunicado conjunto, que "não têm qualquer intenção de se juntarem aos países signatários deste tratado".

O tratado foi esta sexta-feira aprovado por 122 votes a favor, um contra (da Holanda, que é membro da NATO), tendo havido uma abstenção.

Os negociadores do tratado consideram que a sua aprovação constitui "uma conquista histórica", tendo havido aplausos no final da votação.

A votação favorável do tratado põe termo a três semanas de negociações em que participaram 141 países, apoiantes, caso da Áustria, Brasil, México, África do Sul e da Nova Zelândia.

Os Estados Unidos, Reino Unido e a França rejeitaram categoricamente a possibilidade de se juntarem posteriormente aos signatários do acordo.

Estes três países acreditam que o tratado não terá impacto na redução do stock global de armas nucleares que se estimam em 15.000.

O tratado será ratificado a partir de 20 de setembro deste ano e entrará em vigor logo seja assinado por 50 países.

Nenhum dos nove países que têm armas nucleares, (Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, China, França, Índia, Paquistão, Coreia do Norte, Coreia do Sul e Israel), manifestaram-se favoráveis à aprovação deste tratado.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.