sicnot

Perfil

Mundo

Governo francês admite encerrar 17 centrais nucleares até 2025

© Benoit Tessier / Reuters

O ministro francês da Ecologia, Nicolas Hulot, disse hoje que a França vai encerrar "até 17" reatores nucleares antes de 2025, para cumprir o objetivo sobre a transição energética no país.

"Toda a gente tem de entender que para alcançar o objetivo vai ser preciso encerrar reatores (...) provavelmente até 17. Temos de ver o que se vai passar", disse hoje o ministro em entrevista à estação de rádio RTL.

Hulot reiterou a ideia de que para se conseguir atingir a meta estabelecida pela lei de transição energética é preciso baixar o consumo e diversificar a produção de energia o que vai permitir "encerrar um número de reatores".

O ministro acrescentou que os planos de encerramento devem considerar "a situação económica, social e de segurança", fatores diferentes em cada central.

Na quinta-feira, o ministro francês da Ecologia apresentou um plano climático que incluiu a proibição de venda de automóveis a gasolina ou gasóleo a partir de 2040, em França.

No caso da produção do carvão para fins energéticos, a França quer também encerrar, até 2022, cinco por cento das centrais do combustível fóssil.

Sendo assim, a aposta nas energias renováveis deve conhecer um aumento de 32 por cento até 2030.

Lusa

  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.