sicnot

Perfil

Mundo

Um morto e dezenas de feridos em protestos na Venezuela

Andres Martinez Casares / Reuters

Uma pessoa morreu e dezenas ficaram feridas nos confrontos entre as forças de segurança e manifestantes, que bloquearam várias ruas em protesto contra o projeto de Assembleia Constituinte do Presidente Nicolas Maduro

O Ministério Público venezuelano anunciou na rede Twitter estar a investigar "a morte de um jovem de 16 anos durante uma manifestação" na localidade de La Isabelica, no norte do país.

Nove militares ficaram feridos em diferentes pontos do país, informou Sergio Rivero, comandante da guarda nacional venezuelana.

Com barricadas feitas de cordas, veículos, árvores e detritos, os chamados "antichavistas" [numa referência a Hugo Chavez, presidente entre 1999 e 2013] participaram num "grande bloqueio" para exercer pressão no governo e mobilizar a população.

"Este povo decidiu avançar com a luta pela liberdade. Domingo, teve lugar o ato de desobediência civil mais importante da história da Venezuela", disse Freddy Guevara, vice-presidente do parlamento, controlado pela oposição, durante uma operação de bloqueio em Caracas.

A oposição planeia uma consulta popular simbólica sobre a Assembleia Constituinte a 16 de julho.

Desde o início da vaga de protestos, há mais de três meses, 93 pessoas morreram.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52