sicnot

Perfil

Mundo

Trump defende o filho mais velho, "aberto, transparente e inocente"

Mike Segar / Reuters

O Presidente norte-americano, Donald Trump, defendeu hoje o filho mais velho, criticado por ter tentado obter da Rússia informações prejudiciais à candidata democrata Hillary Clinton.

"O meu filho Donald fez um bom trabalho ontem à noite. Foi aberto, transparente e inocente. Esta é a maior caça às bruxas na história política. Lamentável!", escreveu o Presidente hoje de manhã no Twitter, quebrando um silêncio de vários dias sobre o encontro de Donald Trump Júnior com uma advogada russa que terá prometido informações prejudiciais sobre Clinton.

Trump Jr. divulgou na terça-feira a série de mensagens de correio eletrónico trocadas com Rob Goldstone para combinar o encontro com Natalia Veselnitskaya em junho de 2016, durante a campanha presidencial.

Os e-mails mostram que Goldstone disse a Trump Jr. que o Governo russo tinha informações que podiam "incriminar" Clinton e que isso se inseria no "apoio da Rússia e do seu Governo ao senhor Trump".

À noite, Trump Jr. assegurou numa entrevista que nunca falou ao pai do seu encontro com a advogada.

"Não. Não se passou nada. Não havia nada a dizer", declarou Trump Jr. à Fox News.

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC