sicnot

Perfil

Mundo

Ex-jogador do Manchester United celebra primeira missa

O antigo jogador do Manchester United Phil Mulryne trocou as chuteiras pela batina e celebrou, no passado sábado, a primeira missa após ter sido ordenado padre.

Aos 39 anos, Mulryne trocou o templo de Old Trafford, no qual jogou entre 1996 e 1999, por uma realidade completamente diferente.

(Facebook)

(Facebook)

É agora conhecido como padre Mulryne, depois de ter sido ordenado como o mais novo representante da ordem católica dos Dominicanos.

(Facebook)

(Facebook)

Uma mudança radical de vida que acontece nove anos depois de ter pendurado as botas, com o ponto mais alto da carreira a ser claramente a passagem pelos red devils, onde brilhou ao lado de estrelas como Peter Schmeichel, Gary Neville, Paul Scholes, David Beckham ou Eric Cantona. A última equipa que representou foi o Kings Lynn, das divisões secundárias do futebol inglês.

No sábado passado, celebrou a sua primeira missa na Igreja de Saint Oliver Plunketts, em Belfast, um local curiosamente próximo do estádio de Windsor Park, a casa da seleção norte-irlandesa, que representou por 27 vezes.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC