sicnot

Perfil

Mundo

Prisão até 20 anos para acusados da morte do opositor russo Boris Nemtsov

Tatyana Makeyeva

Os cinco homens acusados da morte do opositor russo Boris Nemtsov, em fevereiro de 2015, foram condenados, hoje, por um tribunal de Moscovo a penas de prisão que vão dos 11 aos 20 anos de prisão.

O homem acusado de disparar quatro vezes sobre Boris Nemtsov, Zaour Dadaiev, foi condenado a 20 anos de prisão, enquanto os seus quatro coacusados, todos originários de repúblicas muçulmanas da Chechénia e Inguchétia, receberam penas de entre 11 e 19 anos em regime "severo".

A detenção em regime "severo" implica menos visitas de familiares ou próximos e menos tempo de recreio do que o regime "normal".

O tribunal não conseguiu determinar quem mandou assassinar Nemtsov, uma das principais figuras da oposição do Presidente russo, Vladimir Putin.

Os cinco homens, que estavam a ser julgados desde outubro de 2016, alegaram estar inocentes dos crimes imputados e foram considerados culpados por um coletivo de jurados - chamado a pronunciar-se apenas sobre a culpa - no passado dia 29 de junho.

No dia em que Zaour Dadaiev, Chadid e Anzor Gubachev, Temirlan Eskerkhanov e Khamzat Bakhaiev foram considerados culpados, o advogado da família Nemtsov qualificou como "fiasco total" o inquérito sobre a morte do político.

A polícia russa continua a procurar um sexto homem, Ruslan Mukhudinov, também checheno, identificado, em dezembro de 2015, como o mandante presumível do crime.

Lusa

  • Buscas no Benfica, P. Ferreira, V. Setúbal e Desportivo das Aves

    Desporto

    A Polícia Judiciária do Porto está a fazer buscas à SAD do Benfica, no Estádio da Luz, e ainda ao Paços de Ferreira, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal. Em causa estão alegados crimes de corrupção desportiva e fraude fiscal. O clube da Luz já reagiu em comunicado.

    Em atualização

  • Sousa Cintra e Comissão de Gestão analisam futuro do Sporting
    2:37

    Crise no Sporting

    Sousa Cintra reuniu-se hoje com a Comissão de Gestão para analisar o que fazer no Sporting, depois da tomada de posição de Bruno de Carvalho. O presidente que foi destituído do cargo na Assembleia Geral de sábado, depois de dizer que se ia afastar, deixou depois a garantia de que vai impugnar a reunião magna do clube e vai a eleições.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.