sicnot

Perfil

Mundo

Fortes incêndios levam à retirada de 40 mil pessoas no Canadá

(Arquivo)

Mike Eliason

Uma série de violentos incêndios na Colúmbia Britânica, Canadá, levaram as autoridades a retirar 40.000 pessoas das suas casas para centros de socorro, tendo sido decretado o estado de emergência.

O ministro da Segurança Pública Federal canadiano, Ralph Goodale, anunciou hoje que Otava (província de Ontário) estava a mobilizar aviões militares e a Austrália a enviar 50 bombeiros para o combate às chamas, tendo também sido deslocado para a zona afetada um grupo de elite de bombeiros da Nova Escócia.

O governante avisou que as expectativas é que haja um agravamento dos incêndios que obrigaram à evacuação de todos os 10.000 habitantes da cidade de Williams Lake, a seis horas de Vancôver.

Os ventos fortes que se fizeram sentir durante o fim de semana fizeram deflagrar um incêndio de grandes proporções perto da reserva índia de Ashcroft, que carbonizou cerca de 400 quilómetros quadrados a oeste da cidade de Kamloops (Colúmbia Britânica).

Lusa

  • Autópsia à mulher baleada pela PSP contradiz agentes
    1:28

    País

    A mulher que morreu acidentalmente durante uma perseguição da PSP terá sido baleada no pescoço e o trio terá sido disparado por trás. Entretanto, segundo a imprensa, a PJ ainda não encontrou vestígios do tiroteio, entre os assaltantes do multibanco de Almada e a PSP.

  • Marinha dos EUA considera "absolutamente inaceitável" desenho de um pénis no céu

    Mundo

    Os cidadãos do Condado de Okanogan, em Washington, foram surpreendidos esta quinta-feira com o contorno de um pénis no céu. A imagem resultou de um rasto de condensação deixado por um avião militar norte-americano. A Marinha confirmou que um dos seus pilotos tinha desenhado a figura no ar e defendeu que a situação era "absolutamente inaceitável".