sicnot

Perfil

Mundo

Jovem morre eletrocutada enquanto carregava o telemóvel

(Arquivo)

Kim Hong-Ji

Uma jovem de 14 anos do Novo México morreu eletrocutada no domingo, enquanto tomava banho. As autoridades concluíram a causa da morte, depois de serem encontrados um telemóvel, um carregador e uma ficha tripla junto ao corpo da jovem.

De acordo com a revista Time, Madison Coe estava a tomar um banho na casa do pai, no Novo México, quando morreu .

Ainda não se sabe ao certo o que terá causado o choque, mas a mãe contou que a jovem terá colocado o telemóvel à carga ou agarrado no aparelho quando já estava ligado à corrente.

A jovem foi encontrada pelo pai. "Ele bateu à porta e disse-lhe que estava na hora de sair do banho, e ela respondeu-lhe com um 'Ok'", disse Angela O'Guinn-Downs, citada pela revista norte-americana. "Ele voltou 20 minutos depois, mas ela não respondeu e ele entrou."

O médico legista ainda não se pronunciou quanto à causa da morte de Madinson Coe. Contudo, as autoridades avançaram que "as evidências iniciais mostram sinais consistentes de eletrocussão", de acordo com a KCBD.

Junto ao corpo da jovem, foram encontrados um telemóvel, um carregador e uma ficha tripla e, segundo a família, Madison Coe tinha ainda a mão queimada.

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.