sicnot

Perfil

Mundo

Jovem saudita gera revolta no país após publicar vídeo a usar minissaia

Khaled Abdullah

Uma jovem da Arábia Saudita colocou no fim de semana um video seu a andar de minissaia e de camisola curta no centro histório da cidade de Ushaiager, causando uma enorme discussão nas redes sociais.

De acordo com o relato feito pela agência de notícias AP, o video foi colocado na rede social Snapchat, com alguns compatriotas a defenderem a prisão da jovem e outros a defenderem-na.

Os meios de comunicação social ligados ao Estado noticiaram esta segunda-feira que as autoridades deste país muçulmano, profundamente conservador, estão a estudar a possibilidade de levarem a cabo ações judiciais contra esta jovem que violou a lei sobre a roupa que as mulheres podem usar em público.

As mulheres na Arábia Saudita têm de usar em público as ayalas, uma espécie de vestido que cobrem todo o corpo da mulher, incluindo a cara e o cabelo, que têm também de ser cobertos com um véu negro.

O vídeo mostra a mulher a andar no centro histórico e vazio da cidade de Ushaiager, uma aldeia a norte da capital, na região do deserto de Najd, onde vivem algumas das famílias e tribos mais conservadoras.

As redes sociais foram o veículo usado para apoiar ou recriminar a jovem, havendo mensagens de ambos os lados, nomeadamente no Twitter e no Facebook, duas das redes sociais mais usadas no país para exprimir a opinião e descarregar as frustrações, segundo escreve a AFP.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC