sicnot

Perfil

Mundo

Espreitar para dentro da Estação Espacial através do Google Street View

A Google propõe a partir de hoje uma visita à Estação Espacial Internacional. De uma forma mais cómoda e mais rápida do que uma deslocação em foguetão até à plataforma orbital a 400 quilómetros da Terra.

Através do programa em que estamos mais habituados a ver ruas de cidades, o Google Street View no Google Maps oferece uma visita virtual em 360º ao interior da Estação Espacial.

O passeio virtual inclui uma visita a 15 módulos e aos veículos espaciais SpaceX Dragon e Orbital Cygnus e, à medida que se prossegue, vão surgindo as notas com informações sobre os locais onde os astronautas comem, fazem ginástica, dormem ou fazem experiências científicas, tal como já acontece no Google Art Project, com as obras de arte expostas em museus.

O lançamento desta visita virtual à Estação Espacial Internacional coincide com o 48º aniversário da primeira alunagem - no dia 20 de julho de 1969, os astronautas Neil Armstrong, Edwin "Buzz" Aldrin e Michael Collins pisaram a Lua pela primeira vez. E com o 10º aniversário do Google Street View.

Coincide também com o 10º aniversário do Google Street View, dez anos em que a empresa apostou em mostrar o mundo ao mundo através da sua plataforma.

Ao longo destes anos ofereceu-nos a oportunidade de passear pelas dunas do deserto, subir às montanhas mais altas, descer às profundezas do oceano, encontrar lugares recônditos da Terra, admirar obras de arte nos museus mais longínquos, ou viajar por zonas remotas da floresta Amazónia.

A partir de hoje, saímos da Terra para uma viagem espacial.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.