sicnot

Perfil

Mundo

Governador da Florida lamenta "enorme devastação"

Governador da Florida lamenta "enorme devastação"

Rick Scott, governador do estado norte-americano da Florida, diz que há um longo caminho de recuperação a percorrer, após a passagem do furacão Irma.

  • De furacão demolidor a tempestade tropical
    2:04

    Mundo

    De furacão demolidor, o Irma passou a tempestade tropical e dirige-se agora para os estados da Geórgia e do Alabama. Na passagem pela Florida, o furacão provocou prejuízos de milhões de dólares e deixou cerca de seis milhões de casas e negócios sem energia.

  • Portugueses contam como foi estar debaixo de um furacão
    3:02

    Mundo

    Ao longo dos últimos dias, vários emigrantes na Florida testemunharam na primeira pessoa o que estavam a viver com a passagem do Irma. Esta segunda-feira, estes portugueses mostram os estragos que têm agora de enfrentar e contam como foi estar debaixo de um furacão.

  • Pilhagens na Florida durante a passagem do furacão Irma
    0:24

    Mundo

    Com as ruas desertas, houve quem aproveitasse para roubar lojas. Uma estação de televisão captou imagens de uma pilhagem em que se vê um grupo de pessoas a entrar e sair de uma loja de artigos de desporto com caixas nas mãos. Repórteres do mesmo canal de televisão testemunharam outra pilhagem numa outra loja da zona.

  • Furacão Irma passa a tempestade tropical

    Mundo

    O furacão Irma perdeu hoje intensidade ao atravessar o estado norte-americano da Florida, perdendo a designação de furacão e passando a ser classificado como "tempestade tropical", uma condição que ainda acarreta perigos.

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49