sicnot

Perfil

Mundo

Componentes da tinta das tatuagens podem chegar aos nódulos linfáticos

Jorge Lopez

Os elementos que constituem as tintas usadas nas tatuagens viajam pelo corpo, em forma de partículas microscópicas, e podem chegar aos nódulos linfáticos, encarregues de produzir anticorpos importantes na defesa do organismo humano. Este pode ser um problema, visto que as partículas da tinta contém químicos tóxicos. A descoberta foi feita por um grupo de cientistas europeus e publicada no site Scientific Reports, da Nature.

O grupo de cientistas do Laboratório Europeu de Radiação de Sincrotrão (ESRF, sigla em inglês) conseguiu ver, através de um acelerador de partículas, os materiais que constituem a tinta das tatuagens.

Segundo o The Guardian, os cientistas descobriram provas que a coloração das tatuagens é composta por pigmentos orgânicos e inorgânicos, nos tecidos tatuados. O estudo mostra que as partículas da tinta contêm conservantes e contaminantes, como níquel, crómio, manganésio e cobalto.

Para além do negro-de-fumo, um género de fuligem produzida por resinas queimadas, o segundo ingrediente mais usado na tinta das tatuagens é o dióxido de titânio, um pigmento branco usado em aditivos alimentares, protetores solares e tintas. O químico tem sido associado à cicatrização demorada, comichão e irritação da pelo.

"Quando uma pessoa quer fazer uma tatuagem, frequentemente é muito cuidadosa a escolher um estúdio, onde usem agulhas descartáveis novas", disse Hiram Castillo, cientista da ESRF e um dos autores do estudo, citado pelo jornal inglês. "Ninguém se preocupa em verificar as composições químicas das cores, mas o nosso estudo mostra que talvez devessem fazer isso."

Apesar de serem em medidas microscópicas, os cientistas encontraram "evidências fortes" da migração dos elementos tóxicos para os nódulos linfáticos. E, agora que a sua presenças foi confirmada, o próximo passo para os cientistas é procurar por evidências de possíveis efeitos secundários, que podem incluir inflamação, segundo o grupo da ESRF.

  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.