sicnot

Perfil

Mundo

Falsos alertas de bomba levam à evacuação de dezenas de locais na Rússia

Uma série de falsos alertas de bomba feitos desde o início da semana obrigaram à evacuação de dezenas de locais públicos na Rússia, envolvendo dezenas de milhares de pessoas, noticiou esta quarta-feira a imprensa russa.

Segundo a agência Ria Novosti, as gares de Iaroslavski, Kievski e Kazanski e a célebre galeria comercial Goum, na Praça Vermelha, estão entre as duas dezenas de locais públicos de Moscovo evacuados depois de alertas que acabaram por se revelar falsos.

"Às 16:45 de hoje (14:45 em Lisboa), 23 locais de Moscovo tinham recebido telefonemas com ameaças", disse à Ria Novosti um responsável da polícia municipal.

As chamadas anónimas começaram na segunda-feira, na zona ocidental da Rússia, e espalharam-se na terça-feira a cidades de todo o país.

Esta quarta-feira, além de Moscovo, houve ameaças de bomba em várias cidades da Sibéria e do Extremo-Oriente russo.

Segundo a agência, um total de 45.000 pessoas foram retiradas de locais públicos e nenhuma bomba foi encontrada.

As autoridades russas não comentaram publicamente até ao momento a série de falsos alertas.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.