sicnot

Perfil

Mundo

Acordo de paz com as FARC não pode ser modificado até 2030

John Vizcaino

O Tribunal Constitucional da Colômbia validou esta quinta-feira uma lei defendida pelo governo que estabelece que o acordo de paz feito com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) não pode ser modificado até 2030.

O mais importante órgão judicial do país aprovou esta quinta-feira o projeto-lei, apresentado em julho, que acrescenta um artigo transitório à Constituição "com o objetivo de proporcionar estabilidade e segurança jurídica ao acordo" de paz com as FARC.

O tribunal declarou "aplicáveis" os dois artigos do projeto-lei do governo de Juan Manuel Santos, que estipulam que todos os atos dos órgãos de estado "deverão manter a coerência e a integridade do acordo, preservando os conteúdos, os compromissos, o espírito e os princípios do acordo final" com a ex-guerrilha.

A decisão "aplica-se a partir da promulgação e até ao final dos três mandados presidenciais realizados depois da assinatura" do acordo, ou seja, a partir de agosto de 2018, quando o Presidente Juan Manuel Santos deverá deixar o poder.

A decisão foi bem aceite pelo chefe de Estado e pelo partido Força Alternativa Revolucionária Comum, o partido constituído pela antiga organização guerrilheira FARC que está desarmada.

A oposição da direita, liderada pelo ex-Presidente e atual senador, Alvaro Uribe, afirmou que caso voltasse ao poder, alteraria o acordo por via de um referendo por considerar que o mesmo garante a impunidade de ex-guerrilheiros autores de crimes graves.

O acordo de paz foi assinado em novembro de 2016 depois de quatro anos de negociações em Havana.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.