sicnot

Perfil

Mundo

UE atribui a mal-entendido insultos e ameaças do Presidente das Filipinas

© Ezra Acayan / Reuters

A delegação da União Europeia (UE) nas Filipinas atribuiu hoje a um mal-entendido as violentas críticas do Presidente Rodrigo Duterte, que acusou Bruxelas de tentar excluir o seu país de um organismo da ONU e ameaçou expulsar os embaixadores europeus.

No passado fim de semana, um executivo da organização internacional Human Rights Watch (HRW) afirmou, a partir de Genebra, que as Filipinas poderiam ser expulsas do Conselho de Direitos Humanos da ONU devido aos abusos da "guerra contra a droga".

Estas declarações coincidiram com a visita a Manila de vários delegados europeus da Aliança Progressista que advertiram para "consequências" negativas no comércio das Filipinas com a UE decorrentes da sangrenta campanha antidroga que fez milhares de mortos em pouco mais de um ano.

"As declarações feitas pela Aliança Progressista durante a sua visita às Filipinas foram feitas unicamente em nome da Aliança Progressista e não representam a posição da União Europeia", afirmou hoje a delegação da UE nas Filipinas num comunicado.

Além disso, a delegação atribuiu a confusão de Duterte à "informação falsa de alguns meios de comunicação" e destacou que a representação europeia "continua a operar e a funcionar normalmente", mantendo o compromisso de "trabalhar de forma construtiva e produtiva com as Filipinas em benefício da população".

Num incendiário discurso proferido na quinta-feira, o Presidente das Filipinas ameaçou "cortar o canal diplomático" e obrigar os representantes dos países europeus a abandonar o país "em 24 horas", o que gerou uma forte preocupação junto das representações europeias.

Duterte subiu o tom de indignação até ao ponto de chamar os europeus em geral de "filhos da puta" -- tanto em tagalo como em espanhol --, expressão que utilizou no passado nomeadamente para o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e para o papa Francisco.

O chefe de Estado filipino, de 72 anos, tornou-se conhecido por incluir frequentemente insultos, palavrões e ameaças nas suas intervenções públicas.Há sensivelmente um ano, porém, Rodrigo Duterte prometeu deixar de usar palavrões e fazer declarações inconvenientes nos seus discursos depois de afirmar ter recebido instruções de Deus.

A campanha antidroga, iniciada em junho do ano passado, fez mais de 3.900 mortos às mãos da polícia, apesar de se estimar que o número total supere os 7.000 se somados os homicídios de supostos toxicodependentes e traficantes atribuídos a indivíduos ou patrulhas de moradores.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:57

    País

    O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje chuva fraca a norte do sistema Montejunto-Estrela com subidada temperatura mínima. Céu muito nublado ou encoberto, apresentando-se em geral pouco nublado no Baixo Alentejo e no Algarve até meio da manhã. Períodos de chuva fraca ou chuvisco nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, mais frequentes no Minho e Douro Litoral e a partir da tarde.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.