Mundo

A semana em revista

Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

TRAGÉDIA SEM FRONTEIRAS

Um domingo trágico assolou o Irão e o Iraque. Um violento sismo de magnitude 7.3, junto à fronteira entre os dois países, fez mais de 500 mortos e quase 7.500 feridos. O abalo foi tão intenso que foi sentido noutros 10 países.

Ako Rasheed

Handout .

A eletricidade foi cortada em várias cidades e os receios de réplicas levaram milhares de pessoas a permanecer na rua, apesar das baixas temperaturas.

Pouria Pakizeh

ARRIVEDERCI ITALIA, GRAZIE LEGGENDA

Sabemos que a segunda-feira nem sempre é o melhor dia da semana. Talvez por ser 'colado' aos habituais momentos de descanso que o fim de semana proporciona. Mas para toda uma nação, este dia foi muito pior que uma simples má segunda-feira. Um empate caseiro frente à Suécia deixou a Itália fora do Mundial 2018. Uma ausência que se repete seis décadas depois.

A squadra azurra vai falhar um campeonato do mundo de futebol apenas pela terceira vez, com a curiosidade de que a última ausência registou-se em 1958, numa competição que decorreu... na Suécia.

Com o apuramento falhado, um adeus anunciado: aos 39 anos, o guarda-redes Gianluigi Buffon anunciou que aquele fora o último jogo ao serviço da seleção italiana. O adeus de uma lenda das balizas, que vai continuar a brilhar dentro das quatro linhas, ao serviço da Juventus.

PORTUGUESES UNIDOS E SOLIDÁRIOS

Se a segunda foi de dor italiana, a terça foi, mais uma vez, de generosidade portuguesa. Não tanto no resultado (um empate caseiro frente aos Estados Unidos) mas principalmente no objetivo maior deste duplo compromisso da seleção nacional: recolher fundos para apoiar as vítimas dos incêndios.

No total, entre donativos, chamadas telefónicas para a linha solidária e venda de bilhetes para os jogos particulares em Viseu, com a Arábia Saudita, e em Leiria, frente à seleção norte-americana, foram angariados mais de 700 mil euros. Uma ajuda importante para os tantos que tudo perderam nos fogos do passado mês de outubro.

Foram muitos os rostos da informação e do entretenimento SIC que quiseram participar nesta iniciativa solidária da FPF. (Facebook Seleções de Portugal)

Foram muitos os rostos da informação e do entretenimento SIC que quiseram participar nesta iniciativa solidária da FPF. (Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

(Facebook Seleções de Portugal)

GREVE NACIONAL E MILHARES EM PROTESTO: A LUTA DOS PROFESSORES

Quarta-feira foi dia de greve nacional de professores. Milhares de docentes aderiram e foram também milhares os que se concentraram, em protesto, junto ao Parlamento.

Contestam o Orçamento do Estado para 2018 e exigem a contagem de todo o tempo de serviço. A Fenprof falou numa adesão à paralisação a rondar os 90%.

JO\303\203O RELVAS

JO\303\203O RELVAS

TIAGO PETINGA

UMA ANGOLA RENOVADA

A semana noticiosa ficou também marcada por várias exonerações em Angola, que afetaram três dos quatro filhos do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Isabel dos Santos, a mulher mais rica de África, foi afastada da liderança da petrolífera angolana Sonangol, enquanto Tchizé dos Santos e José Paulino dos Santos deixaram a empresa Sembra Comunicação, que fazia a gestão do segundo canal da Televisão Pública de Angola.

Isabel dos Santos foi afastada do Conselho de Administração da Sonangol.

Isabel dos Santos foi afastada do Conselho de Administração da Sonangol.

O novo Presidente de Angola, João Lourenço, fez também exonerações nas administrações de hospitais e entre os principais responsáveis do serviço de saúde angolano. Decisões que o Governo português acompanhou com "respeito escrupuloso pela soberania de Angola".

O novo Presidente de Angola, João Lourenço.

O novo Presidente de Angola, João Lourenço.

TABACO CAUSA UMA MORTE A CADA 50 MINUTOS

A fechar a semana, um estudo com conclusões preocupantes: em 2016 morreram em Portugal mais de 11.800 pessoas por doenças provocadas pelo tabaco, qualquer coisa como uma morte a cada 50 minutos. Os dados são do Programa para a Prevenção e Controlo do Tabagismo e foram divulgados esta sexta-feira, Dia Mundial do Não Fumador.

O relatório revela também que, no ano passado, o tabaco foi responsável por 46,4% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crónica, 19,5% das mortes por cancro, 12% das mortes por infeções respiratórias do trato inferior, por 5,7% das mortes por doenças cerebrocardiovasculares e 2,4% das mortes por diabetes.

© Reuters

Mais mortes associadas a um também maior consumo. O mesmo estudo refere que, em 2016, o consumo de produtos do tabaco rendeu ao Estado mais de 1.500 milhões de euros, o que representa uma subida de 24,9% em relação ao ano anterior.

Fica feito o resumo da atualidade que marcou os últimos dias. A fechar, deixamos-lhe as fotos e os insólitos da semana:

  • PAN apela à fiscalização da lei que impede autarquias de abater animais sem dono
    2:25

    País

    A partir de 23 de setembro, as câmaras municipais deixarão de poder abater animais errantes, os chamados vadios, sem dono. O PAN alerta para a necessidade de fiscalização, numa altura em que 145 municípios portugueses ainda não dispõem de centros de recolha oficial, nem estabeleceram protocolos com outras entidades, o que resulta no abate de milhares de animais.